Viajantes brasileiros entram na mira de países europeus por nova variante de vírus

Placa que diz "Entrada Proibida" / Foto: freeimages.com

São Paulo – Os viajantes brasileiros estão no centro das mais recentes medidas de contenção do novo coronavírus na Europa depois que uma nova variante, mais contagiosa, foi descoberta no País. Hoje, Portugal e Reino Unidos anunciaram restrições a quem passar pelo Brasil.

No caso de Portugal, o governo suspendeu todos os voos que tenham o Brasil como origem ou destino entre os dias 29 de janeiro a 14 de fevereiro.

De acordo com o Ministério do Interior português, apenas voos humanitários e de repatriação serão permitidos, com os viajantes obrigados a apresentar um teste de covid-19 feito com 72 horas de antecedência antes do embarque e quarentena por 14 dias após a chegada a Portugal.

No caso britânico, viajantes de vinte países, incluindo do Brasil, terão que ficar dez dias em quarentena em um hotel do Reino Unido aprovado pelas autoridades do país, segundo o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson.

A medida atinge cidadãos britânicos e estrangeiros residentes no Reino Unido que retornem de destinos considerados de alto risco de transmissão das variantes do coronavírus detectadas no Brasil e na África do Sul.

Anteriormente, o Reino Unido fechou as fronteiras aos cidadãos de várias nações, que na Europa inclui Portugal.