Viagem à Índia deve abrir mais portas para comércio, diz Bolsonaro

567
Presidente Jair Bolsonaro durante encontro com lideranças empresariais e cerimônia de entrega da Ordem do Mérito Industrial São Paulo. (Foto: Alan Santos/PR)

Por Álvaro Viana

Brasília – O presidente Jair Bolsonaro afirmou que, além dos Estados Unidos e Suíça, deve passar pela Índia durante as viagens de início de ano a fim de estreitar as relações comerciais.

“Abriremos ainda mais as portas”, afirmou, acrescentando que deve ir aos Estados Unidos em fevereiro para observar a tecnologia de transmissão de energia elétrica sem fios.

Bolsonaro considerou que com a tecnologia o problema de energia elétrica de Roraima poderia ser resolvido “passando por cima da floresta”. A dificuldade para a instalação de distribuição na área se dá por parte do local ser considerado reserva indígena.

O presidente reafirmou ainda a viagem prevista para a Índia deve acontecer após sua viagem a Davos, para o Fórum Econômico Mundial, que acontece entre 21 a 24 de janeiro.