Venda de debêntures da Sabesp fica perto do limite mínimo

Por Gustavo Nicoletta

São Paulo – A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) vai levantar R$ 866,7 milhões em sua 23a emissão de debêntures – pouco mais que o limite mínimo previsto no prospecto -, segundo documento enviado ontem à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). A empresa pretendia obter de R$ 750 milhões a R$ 1,5 bilhão com a emissão.

A emissão foi dividida em duas séries. Na primeira, foram colocados R$ 491,7 milhões em títulos com vencimento em 2024 e remuneração equivalente à taxa dos contratos de Depósito Interfinanceiro (DI) somadas a um prêmio de 0,49%. Na segunda, foram R$ 375 milhões em papéis com vencimento em 2027 e remuneração equivalente ao DI mais 0,63%.

Os recursos obtidos com a emissão das debêntures serão destinados ao refinanciamento de compromissos financeiros com vencimento em 2019 e à recomposição de caixa da Sabesp, de acordo com o prospecto.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com