Veja as carteiras recomendadas da Genial Investimentos para julho

251
Foto: Anna Nekrashevich / Pexels

São Paulo – A Genial Investimentos aponta que a narrativa de recessão global e estagflação ganhou corpo no mês de junho, levando a uma baixa de diversas classes de ativos, ações, cryptos, commodities, que indica que o investidor que está receoso com o cenário macroeconômico à frente, ao mesmo tempo que busca por alocações mais conservadores. Aqui no Brasil, o noticiário envolvendo maiores gastos públicos pressiona a situação fiscal e interfere na precificação do dólar e nas expectativas sobre a trajetória da Selic no médio e no longo prazo.

As ações domésticas, que já apresentavam preços atrativos, passaram por uma nova rodada de reprecificação.”Apesar dos preços atrativos, estamos adotando uma postura de recomendação ainda conservadora vislumbrando a proteção do capital alocado em ações”, escreve o estrategista de ação da corretora, Filipe Villegas, que assina as recomendações.

A estratégia para o mês indica redução de posições em commodities, diversificação em empresas ligadas à economia local com comportamento menos volátil e de setores perenes, posições dolarizadas. Para a carteira de ETFs, maior exposição a ações brasileiras em fundos que possuem maior diversificação setorial.

Carteira Ibovespa 10+

A carteira Ibovespa 10+ apresentou uma baixa de -12,04% no mês de junho. No mesmo período, o Ibovespa obteve um desempenho negativo de -11,50%. No ano de 2022 a carteira apresenta rentabilidade negativa de -6,47% contra uma baixa de -5,99% do Ibovespa.

Em relação ao mês de junho, saíram as ações da Equatorial (EQTL3), JHSF (JHSF3), Multilaser (MLAS3), Petro Rio (PRIO3), Santander (SANB11) e Transmissão Paulista (TRPL4). Com Inclusão das ações da Minerva (BEEF3), Braskem (BRKM5), Eztec (EZTC3), Lojas Renner (LREN3), Suzano (SUZB3) e Taesa (TAEE11).

Carteira Ibovespa 5+

A carteira Ibovespa 5+ apresentou uma baixa de -15,19% no mês de junho. No mesmo período, o Ibovespa obteve um desempenho negativo de -11,50%. No ano de 2022 a carteira apresenta rentabilidade negativa de -26,11% contra uma baixa de -5,99% do Ibovespa.

Em relação ao mês de junho, saíram as ações da CBA (CBAV3), Itaú Unibanco (ITUB4), Petro Rio (PRIO3) e Localiza (RENT3). Com Inclusão das ações da Engie (EGIE3), Rumo (RAIL3), Rede DOr (RDOR3) e Sabesp (SBSP3).

Carteira Small Caps 8+

A carteira Small Caps 8+ apresentou uma baixa de -15,22% no mês de junho. No mesmo período, o índice Small (SMLL) obteve um desempenho negativo de -16,33%. No ano de 2022 a carteira apresenta rentabilidade negativa de -11,71% contra uma baixa de -19,69%, no mesmo período, do índice Small (SMLL).

Em relação ao mês de junho, saíram as ações da CBA (CBAV3), Ferbasa (FESA4), JHSF (JHSF3), Multilaser (MLAS3) e Simpar (SIMH3). Com Inclusão das ações da Minerva (BEEF3), Grendene (GRND3), Multiplan (MULT3), Tauros (TASA4) e Wiz Seguros (WIZS3).

Carteira Micro Caps 5+

A carteira Micro Caps 5+ apresentou uma baixa de -17,99% no mês de junho. No mesmo período, o índice Small (SMLL) obteve um desempenho negativo de -16,33%. No ano de 2022 a carteira apresenta rentabilidade negativa de -24,40% contra uma baixa de -19,69%, no mesmo período, do índice Small (SMLL).

Em relação ao mês de junho, saíram as ações da Allied (ALLD3), Plano & Plano (PLPL3) e SYN PROP (SYNE3). Com Inclusão das ações da BR Partners (BRBI11), Portobello (PTBL3) e Track&Field (TFCO4).

Carteira Dividendos 5+

A carteira Dividendos 5+ apresentou uma baixa de -14,02% no mês de junho. No mesmo período, o Indice Dividendos (IDIV) obteve um desempenho negativo de -8,38%. No ano de 2022 a carteira apresenta rentabilidade negativa de -0,08% contra uma alta de 4,58%, no mesmo período, do Indice Dividendos (IDIV).

Em relação ao mês de junho, saíram as ações da Gerdau (GGBR4), SYN PROP (SYNE3) e Vale (VALE3). Com Inclusão das ações da CPFL Energia (CPFE3), Energias BR (ENBR3) e Taesa (TAEE11).

ESG 5+

A carteira ESG 5+ apresentou uma baixa de -18,20% no mês de junho. No mesmo período, o Ibovespa (IBOV) obteve um desempenho negativo de -11,50%. No ano de 2022 a carteira apresenta rentabilidade negativa de -26,74% contra uma baixa de -5,99%, no mesmo período, do Ibovespa (IBOV).

Em relação ao mês de junho, saíram as ações da Magazine Luiza (MGLU3), Localiza (RENT3) e Simpar (SIMH3). Com Inclusão das ações da CCR (CCRO3), Pão de Açúcar (PCAR3) e Telefônica Vivo (VIVT3).

BDR 5+

A carteira BDR 5+ apresentou uma alta de 2,76% no mês de junho. No mesmo período, o Indice de BDRs (BDRX) obteve um desempenho positivo de 0,79%. No ano de 2022 a carteira apresenta rentabilidade baixa de -43,45% contra uma baixa de -27,61%, no mesmo período, do Indice de BDRs (BDRx).

Em relação ao mês de junho, saíram as ações da Chevron (CHVX34) e Mercado Libre (MELI34). Com Inclusão das ações da Berkshire Hathaway (BERK34) e Walt Disney (DISB34).

Carteira ETF MACRO

Para o mês de julho de 2022, recomendamos compra de iShares Ibovespa (BOVA11), IT Now IDIV (DIVO11), It Now IFNC (FIND11), China (XINA11) e Ouro (GOLD11), com alocação de 20% para cada ativo. No mês de junho de 2022, a Carteira de ETF MACRO recuou -3,27% contra o Ibovespa que apresentou queda de -11,50% no mesmo período.