Variante Delta representa 83% dos casos sequenciados nos EUA

Foto: CDC / Pexels

São Paulo – A variante Delta do coronavírus já representa 83% dos casos sequenciados de covid-19 nos Estados Unidos, segundo a diretora do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) do país, doutora Rochelle Walensky.

“O CDC divulgou estimativas em todo o país e estima que a variante Delta agora representa 83% dos casos sequenciados. Este é um aumento dramático, de 50% para a semana de 3 de julho em algumas partes do país”, disse ela em audiência no Senado sobre a situação da pandemia nos Estados Unidos.

Walensky afirmou que a taxa de infecções pela variante Delta, inicialmente detectada na India, é ainda maior em áreas com baixas taxas de vacinação no país.

“A melhor maneira de prevenir a propagação da variante é a vacinação, que é a ferramenta mais poderosa que temos. Devemos construir a confiança nas vacinas contra a covid-19 para ampliar a imunização entre os norte-americanos”, disse.

De acordo com o CDC, 161.473.715 norte-americanos ou 48,6% da população completaram o ciclo de imunização contra a covid-19, enquanto 186.317.651 norte-americanos ou 56,1% da população receberam pelo menos uma dose da vacina.