Vale forma JV para construir e operar West III na China

127

São Paulo – O conselho de administração da Vale aprovou uma joint venture, por meio da subsidiária Vale Internacional, com a Ningbo Zhoushan Port, subsidiária do Zhejiang Provincial Seaport, para construir e operar o projeto West III no Porto de Shulanghu, na cidade de Zhoushan, na China.

O projeto consiste na expansão das instalações do Porto de Shulanghu, desenvolvendo um pátio de estocagem e berços de carregamento com capacidade adicional de 20 milhões de toneladas.

Segundo a Vale, ao participar do projeto, a companhia garantirá uma capacidade portuária total de 40 milhões de toneladas em Shulanghu, o que ajudará a otimizar custos em sua cadeia de valor.

O projeto tem investimento plurianual de US$ 624 milhões e inclui a aquisição de direitos de propriedade e o desenvolvimento da capacidade portuária de 20 milhões de toneladas, incluindo a construção de um novo pátio de estocagem e dois berços de carregamento, sujeitos a aprovações regulatórias.

A Vale deterá 50% da joint venture e ambas as partes pretendem obter empréstimos de terceiros de até 65%, mas não menos que 50% do investimento total. Com essas premissas, a contribuição de capital pela Vale será US$ 109 milhões e US$ 156 milhões.

A construção do projeto, que deve durar até três anos, terá início após as partes obterem as aprovações antitruste e outras aprovações regulatórias na China.