União Europeia aprova ajuda de 40 bilhões de euros à Espanha por pandemia

136
Bandeiras da União Europeia e da Espanha / Foto: UE/Mauro Bottaro

São Paulo – A Comissão Europeia, braço executivo da União Europeia, aprovou um aumento de 20 bilhões de euros para 40 bilhões de euros aos auxílios a empresas e trabalhadores independentes afetados pela pandemia do novo coronavírus.

Segundo a UE, em comunicado, as alterações serão lançadas em diferentes tranches, a primeira de 8 bilhões de euros. As garantias estarão disponíveis apenas em novos empréstimos, e não para operações de refinanciamento.

O prazo máximo dos empréstimos garantidos aumentou de cinco para oito anos, aplicando prêmios de garantia mais altos nos anos adicionais, de acordo com a UE.

“A Comissão concluiu que as medidas alteradas estão em conformidade com as condições estabelecidas no quadro temporário”, diz a nota. “A Comissão concluiu que os regimes alterados continuam a ser necessários, adequados e proporcionados para remediar uma perturbação grave da economia espanhola”.

Por fim, a comissão disse ter aprovado a alteração nos regimes ao abrigo das regras da UE em matéria de auxílios estatais.