UE quer deixar disputas comerciais com EUA para trás e recomeçar

O vice-presidente executivo da Comissão Europeia, Valdis Dombrovskis / Foto: União Europeia

São Paulo, 2 de março de 2021 – A União Europeia (UE) quer deixar as disputados comercias com os Estados Unidos de lado e reiniciar as relações com a nova administração do presidente Joe Biden, disse o vice-presidente da Comissão Europeia para o Comércio, braço executivo da UE, Valdis Dombrovskis.

“Agora que temos um novo governo em D.C. e um novo representante de Comércio temos uma boa oportunidade para recomeçar. Queremos deixar nossas disputas comerciais para trás e focar na liderança conjunta a nível global”, disse Dombrovskis, em coletiva de imprensa, após a apresentar a nova estratégia comercial do bloco aos ministros da pasta dos países membros.

Segundo ele, o novo plano é baseado nas ideias-chave de abertura, sustentabilidade e assertividade na abordagem para próxima década. “Em primeiro lugar, a política comercial deve contribuir para a nossa recuperação econômica”, disse.

“Vamos depender das exportações mais do que nunca para nos ajudar a nos recuperar da pandemia de covid-19. Por isso, reafirmamos nosso compromisso com o comércio aberto, justo e baseado em regras. Isso não é apenas idealismo da UE, é uma necessidade política e econômica”, afirmou.

Ele que como parte da estratégia, a UE lançou propostas para um plano de reformas da Organização Mundial do Comércio (OMC), pois “comércio global requer regras globais”.

Além disso, “a política comercial deve apoiar a transformação verde e digital da nossa economia”, colocando sustentabilidade no centro da política pela primeira vez.

Por fim, Dombrovskis disse que, em geral, os ministro de Comércio dos países da UE deram um retorno positivo, com amplo apoio para a maioria das diretrizes da UE sobre a política comercial, e que há questões que ainda precisam de mais trabalho, como a sustentabilidade e reformas na OMC.