UE elogia esforços de Reino Unido por acordo de Brexit, mas há problemas

109
Jean-Claude Juncker, presidente da Comissão Euorpeia. Foto: Serviço fotográfico do Parlamento Europeu

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – O presidente da Comissão Europeia, braço executivo da União Europeia (UE), Jean-Claude Juncker, elogiou os esforços do Reino Unido rumo a um acordo para o Brexit, mas ressaltou que ainda existem obstáculos.   

“O presidente Juncker congratulou-se com a determinação do primeiro-ministro Boris Johnson de avançar nas negociações antes do Conselho Europeu de outubro e avançar no sentido de um acordo”, segundo comunicado. Ele reconheceu os avanços positivos, principalmente sobre o alinhamento regulatório de bens.

No entanto, “ainda existem alguns pontos problemáticos que precisarão de mais trabalho nos próximos dias, principalmente no que diz respeito à governança do ‘backstop’. O delicado equilíbrio atingido pelo Acordo da Sexta-feira Santa deve ser preservado”, segundo o comunicado.

Outra preocupação que precisa ser abordada são as regras alfandegárias. Segundo Juncker, “a Comissão examinará agora o texto jurídico objetivamente e à luz de nossos critérios bem conhecidos”. Por fim, ele reiterou que “a UE quer um acordo”.

Juncker e Johnson conversaram ao telefone na tarde de hoje, sobre a proposta mais recente do governo britânico para o Brexit, que inclui um texto legal, nota explicativa e uma carta do premiê do Reino Unido. A carta detalha a proposta para a fronteira irlandesa pós-Bresit, segundo a qual a Irlanda do Norte se manteria alinhada com as regras da UE, mas faria parte da união aduaneira do Reino Unido.