UE e Reino Unido concordam em continuar negociações de Brexit

150
Foto : União Europeia

São Paulo – A União Europeia (UE) e o Reino Unido concordaram em continuar as negociações por um acordo comercial depois do fim do período de transição pós-Brexit, em 31 de dezembro deste ano, citando que as conversas tem sido construtivas.

“Tivemos um telefonema construtivo e útil esta manhã. Discutimos os principais tópicos não resolvidos. Nossas equipes de negociação têm trabalhado dia e noite nos últimos dias”, de acordo com comunicado conjunto, divulgado ontem.

“E apesar do cansaço depois de quase um ano de negociações, apesar do fato de os prazos terem sido perdidos continuamente, achamos que é responsável, neste momento, ir mais longe”, diz a nota. “Mandatamos nossos negociadores para continuar as conversações e ver se um acordo pode ser alcançado, mesmo nesta fase tardia. As negociações continuam aqui em Bruxelas”.

A pesca, igualdade de condições e governança são os três principais pontos de impasse nas negociações. O Reino Unido deixou a UE em janeiro deste ano, mas permanece sob os termos comerciais do bloco até o final do período de transição, enquanto os dois lados negociam um novo arranjo.

Se nenhum acordo comercial for assegurado, as regras da Organização Mundial do Comércio (OMC) entrarão em vigor, incluindo tarifas alfandegárias e controles completos de fronteira para mercadorias do Reino Unido que entram na UE, as mesmas regras plicadas para o comércio atual entre o bloco europeu e a Austrália.

A UE disse na sexta-feira que considera um Brexit sem acordo o cenário mais provável, enquanto o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, disse que “é muito, muito provável” que o país deixe o bloco europeu sem um acordo comercial.