UBS reitera recomendação de venda para ações da Ambev após dados do 3T19

231

Por Danielle Fonseca

São Paulo – O UBS reiterou a recomendação de venda para os papéis da Ambev depois que a companhia divulgou dados financeiros trimestrais mais fracos do que o esperado na semana passada, o que fez seus papéis recuarem pouco mais de 8% na última sexta-feira (25).

ambev
Logotipo da Ambev (Divulgação)

O analista do banco suíço, Alan Alanis, afirmou que o UBS continua
preferindo outras cervejarias globais antes da Ambev e espera que os papéis continuem mostrando fraqueza. O analista destacou que a companhia mostrou queda na venda de cerveja, perdas de market share e margens mais baixas no terceiro trimestre.

“A venda de cerveja no Brasil caiu 2% na base anual conforme o aumento de preços realizado pela companhia encontrou uma ambiente consumidor mais desafiador e uma atividade promocional intensa na concorrência”, disse, em relatório. Segundo Alanis, em meio a esse trimestre desafiador para a Ambev, notícias afirmam que a Heineken está dobrando a sua capacidade no Brasil em torno de junho de 2020.

Às 11h52 (horário de Brasília) as ações da Ambev (ABEV3) tinham queda de 0,28%, a R$ 17,56.