UBS eleva preço-alvo das ações da Raia Drogasil

Por Danielle Fonseca

São Paulo – O UBS elevou o preço-alvo das ações da Raia Drogasil (RD) de R$ 84,00 para R$ 119,00, mas manteve a recomendação neutra (equivalente à manutenção) para os papéis. Os analistas do banco estão otimistas em fundamentos operacionais da empresa após fortes resultados financeiros no terceiro trimestre, uma competição mais fraca no setor, despesas operacionais e financeiras mais baixas e ganhos obtidos com a aquisição da rede Onofre.

Divulgação: Guia da farmácia

O UBS usou dados geoespaciais do seu UBS Evidence Lab para monitorar a RD e seus competidores e a foi observado que a empresa continuou a mostrar uma sólida expansão nacional de cerca de 50 adições líquidas de lojas por trimestre, enquanto a Extrafarma está fechando lojas no Norte/Nordeste, assim como a Drogaria São Paulo em São Paulo e a Pague Menos no Sudeste/Centro-Oeste.

“Como resultado, a intensidade da competitividade entre a Drogaria São
Paulo e a RD está diminuindo, enquanto a RD está aumentando seu impacto nas lojas da Extrafarma e Pague Menos”, disseram os analistas, em relatório.

Para eles, a rede pode continuar a ganhar market share de outras grandes
redes sustentando uma processo de expansão mais rápido e de maior qualidade, continuando investimentos em preços de genéricos enquanto mantém lucratividade. A avaliação do UBS é que a RD também segue sendo o player mais preparado para liderar uma consolidação no Brasil.

No melhor cenário, os analistas veem as ações da rede de farmácias chegando a R$ 140,00, já no pior cenário, a ação cairia para R$ 89,00. Às
13h33 (horário de Brasília), as ações da companhia (RADL3) subiam 0,52%, a R$ 112,09.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com