Trump sofre derrota com aprovação de resolução sobre impeachment

174

Por Carolina Gama

São Paulo – A Câmara dos Deputados dos Estados Unidos aprovou por 232 votos a 196 uma resolução que tornará pública a próxima fase das investigações sobre um possível impeachment do presidente norte-americano, Donald Trump.

A líder do Partido Democrata na Câmara dos Deputados dos Estados Unidos, Nancy Pelosi

No início da semana, a presidente da Câmara, Nancy Pelosi, explicou que a resolução estabeleceria o procedimento para audiências públicas, autorizaria a divulgação de transcrições de depoimentos, indicaria a transferência de evidências para o Comitê Judiciário, uma vez que considera possíveis artigos de impeachment e estabeleceria os direitos de processo para o presidente dos Estados Unidos e seu advogado.

A resolução não estabelece um prazo para a investigação, mas recomenda seis comitês da Câmara a continuarem investigando diferentes aspectos da administração, negócios e associados de Trump, com o Comitê de Inteligência liderando as alegações relacionadas à Ucrânia. As audiências públicas podem começar em duas semanas.

Segundo especialistas, a Câmara deve realizar uma votação formal sobre artigos de impeachment de Trump possivelmente antes do final do ano. No entanto, seria necessária uma votação majoritária de dois terços no Senado controlado pelos republicanos para condená-lo e, portanto, removê-lo do cargo, um resultado considerado neste momento altamente improvável.

REAÇÃO DE TRUMP

Assim que o resultado da votação na Câmara foi conhecido, Trump usou a redes sociais para se manifestar sobre o assunto. “Essa é a maior caça às bruxas da história dos Estados Unidos”, disse ele no Twitter.