Trump reitera que não quer fazer negócios com Huawei por razões de segurança

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que não quer fazer negócios com a gigante chinesa de tecnologia Huawei, pois ela representa riscos à segurança do país, e que vai tomar hoje uma decisão sobre estender a isenção de sanções à empresa.

“A Huawei é uma empresa com a qual poderemos não fazer mais negócio nenhum”, disse Trump a repórteres, ontem. “Não estamos abertos a fazer negócios com eles”, reiterou. “Eu não quero fazer negócios de forma nenhuma, pois é uma ameaça de segurança nacional”, segundo o presidente.

Trump disse ainda que vai tomar hoje uma decisão sobre estender a permissão para que a Huawei continue fazendo negócios nos Estados Unidos. “Vamos ver o que vai acontecer”, afirmou.

No final de semana, agências internacionais de notícias haviam reportado, segundo fontes, que o Departamento de Comércio dos Estados Unidos planeja anunciar hoje que concederá uma extensão de 90 dias à licença que permite à Huawei continuar fazendo negócios com empresas norte-americanas.

A gigante chinesa foi colocada na lista negra do governo norte-americano em maio, impedindo que empresas forneçam a tecnologia dos Estados Unidos sem uma licença federal, mas depois recebeu uma permissão temporária, que vence hoje.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com