Trump recuará em tarifa sobre aço brasileiro, diz Bolsonaro

285

Por Álvaro Viana

Brasília – O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou durante uma transmissão ao vivo em seu Facebook que, após 15 minutos de conversa com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, o chefe de Estado norte-americano afirmou que voltaria atrás em sua decisão acerca da sobretaxa ao aço e alumínio brasileiro.

Bolsonaro afirmou ainda que o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, mantiveram contato com os americanos para evitar a decisão de Trump. “Ao longo do tempo fomos conduzindo o entendimento do que é melhor para o nosso país na questão sobre a taxação do aço e do alumínio”, disse.

“Agora há pouco tive a grata satisfação de receber um telefonema do presidente dos Estados Unidos. Foi uma conversa de aproximadamente 15 minutos, no espírito de uma cordialidade e respeito, entre dois chefes de estado.

Entendi o que ele queria fazer e dei os meus argumentos para ele. Ele se convenceu os meus argumentos e decidiu dizer a todos os brasileiros que nosso aço e nosso alumínio não serão sobretaxados. Dessa forma a nossa política continua sendo a melhor possível”, afirmou.