Trump planeja indicar Shelton e Waller para Conselho do Fed

220
Trump Powell EUA
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell. Foto: Divulgação/ Casa Branca

São Paulo – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, planeja indicar os economistas Judy Shelton e Christopher Waller para ocupar os dois cargos vagos no Conselho do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), disse a Casa Branca, em comunicado.

Trump havia dito em julho do ano passado que iria indicar os dois economistas, mas não havia feito o anúncio formal. O Senado norte-americano precisa avaliar as indicações e aprová-las.

Shelton já declarou publicamente que o Fed deveria cortar os juros e tem manifestado seu apoio a Trump e suas políticas. Waller, por sua vez, é vice-presidente e diretor de pesquisas da unidade do Fed de Saint Louis e ficou fora dos holofotes.

O presidente norte-americano realiza críticas constantes ao Fed e ao presidente da instituição, Jerome Powell, acusando-os de prejudicar o crescimento econômico do país e pressionando-os a realizar mais cortes na taxa básica de juros.

O Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) cortou a taxa básica de juros dos Estados Unidos três vezes em 2019, e sinalizou que espera mantê-las inalterados em 2020, em meio a um crescimento econômico moderado. Atualmente, a taxa está no intervalo entre 1,50% e 1,75%.