Trump jogou dinamite em um barril de pólvora, diz Biden sobre Irã

336

Por Carolina Gama

São Paulo – O pré-candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, condenou o ataque norte-americano que resultou na morte de autoridades iranianas em Bagdá, no Iraque, afirmando que deve resultar em uma resposta perigosa de Teerã.

“Nenhum norte-americano irá lamentar a morte de Soleimani. Ele teve o que merecia diante de seus crimes contra tropas dos Estados Unidos e contra milhares de inocentes na região. Ele apoiava o terror e o caos”, disse Biden em comunicado.

Na madrugada, um ataque com míssil dos Estados Unidos perto do aeroporto de Bagdá matou Qassem Soleimani, comandante das forças Quds – uma unidade especial da Guarda Revolucionária do Irã – assim como o número dois das Forças de Mobilização Popular, o comandante Abu Mahdu al-Muhandis.

“O governo disse que seu objetivo era deter ataques do irã no futuro, mas essa ação certamente levará ao efeito oposto. O presidente Trump jogou uma dinamite em um barril de pólvora”, acrescenta a nota.

Biden diz ainda que Trump deve uma explicação à população norte-americana sobre sua estratégia e plano para manter em segurança soldados norte-americanos e funcionários de embaixadas.

“Não sou um especialista em inteligência e muito permanece desconhecido, mas o Irã certamente responderá a isso. Podemos estar à beira de um grande conflito no Oriente Médio. Espero que o governo tenha analisado as segundas e terceiras consequências da decisão que tomou”, completou.