Trump encoraja republicados a aceitar oferta maior de pacote de alívio

109

São Paulo – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, encorajou os republicanos a aceitarem uma oferta maior para o novo pacote de estímulos que está sendo negociado com os democratas no Congresso do país.

“Busquem números muito mais altos, republicanos, tudo volta para os Estados Unidos de qualquer maneira (de uma forma ou de outra!)”, disse Trump ontem, em publicação no Twitter.

Mais tarde, em coletiva de imprensa na Casa Branca, o presidente elogiou o plano bipartidário de US$ 1,5 trilhão, apresentado esta semana por republicanos e democratas moderados da Câmara dos Deputados.

“Eles estão no caminho certo para sugerir algumas coisas muito boas”, disse Trump. “Eu concordo com muito disso. As coisas com as quais não concordo, provavelmente podemos negociar”.

O chefe de gabinete da Casa Branca, Mark Meadows, disse estar otimista sobre as negociações, e embora não tenha apoiado abertamente o projeto bipartidário da Câmara, afirmou que era algo para “se pensar”. “Acho que pelo menos fornece uma base para voltarmos à mesa”.

Os republicanos do Senado não conseguiram aprovar um projeto reduzido de estímulo pelo novo coronavírus de cerca de US$ 300 bilhões na semana passada. A soma do chamado projeto “magro” era muito menor do que o total de US$ 2 bilhões que presidente da Câmara dos Deputados, a democrata Nancy Pelosi, disse que aceitaria.

Em comunicado conjunto com o líder democrata no Senado, Chuck Schumer, Pelosi disse ontem que espera encontrar uma solução. “Estamos ansiosos para ouvir dos negociadores do presidente que eles finalmente nos encontrarão no meio do caminho com um projeto de lei que é igual às enormes crises econômicas e de saúde que afetam nossa nação”.