Trump deve assinar medida que sanciona oficiais chineses após aprovação na Câmara

1018
O ex-presidente norte-americano, Donald Trump, assinando medida na Casa Branca / Foto: Casa Branca

São Paulo – A Câmara dos Deputados dos Estados Unidos apoiou um projeto de lei que determina que o governo de Donald Trump imponha sanções às autoridades chinesas por conta da opressão sobre a minoria muçulmana uigur.

Com um placar de 413 a favor e apenas um contra, a medida foi aprovada e deve seguir para Trump que, espera-se, deve sancioná-la. A proposta já havia passado pelos senadores norte-americanos.

A votação foi histórica, já que foi feita por meio de um novo sistema que permite a votação por procuração por causa da pandemia do novo coronavírus.

O projeto de lei pede sanções contra os responsáveis pela repressão aos uigures e a outros grupos muçulmanos na província chinesa de Xinjiang e destaca o secretário do Partido Comunista da região, Chen Quanguo, um membro do Politburo.

A medida é aprovada em um momento de escalada de tensões entre Estados Unidos e China. O desentendimento entre as duas maiores economias do mundo aumentou quando Trump passou a responsabilizar Pequim pela pandemia do novo coronavírus e se agravou com a mudança na lei de segurança para Hong Kong, que deve aumentar o controle chinês sobre o território.