Trump critica Biden e sugere que irá concorrer em eleição presidencial de 2024

O ex-presidente norte-americano, Donald Trump / Foto: Casa Branca

São Paulo — O ex-presidente Donald Trump, em seu primeiro discurso público desde que deixou o cargo, sugeriu que irá concorrer ao posto novamente em 2024. Ao discursar na Conservative Political Action Conference (CPAC) em Orlando, Flórida, ele repetiu as alegações de que ganhou as eleições de novembro e criticou os republicanos que votaram contra ele no último julgamento de impeachment.

“Com a sua ajuda, retomaremos a Câmara, venceremos o Senado e, então, um presidente republicano fará um retorno triunfante à Casa Branca – e eu me pergunto quem será?” ele disse.

Trump ainda divide opiniões dentro do próprio partido ao reiterar que ganhou as eleições e depois dos tumultos no Capitólio, que ocorreram depois de Trump incitar seus apoiadores a lutarem por ele enquanto o Congresso validava sua derrota eleitoral.

“Estamos lutando pela sobrevivência dos Estados Unidos como o conhecemos”, disse Trump. “Esta é uma luta terrível, terrível e dolorosa”, acrescentou.

Trump também atacou os movimentos do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, revertendo os movimentos anti-imigração de Trump e as ações de seu governo para combater a pandemia do coronavírus. Em seu discurso, que durou 90 minutos, Trump pediu aos republicanos que se opusessem às propostas de Biden em um amplo projeto de lei de imigração, como a criação de um caminho de oito anos para a cidadania para os 11 milhões de imigrantes que vivem no país.