Trump chama pedido de impeachment contra ele de “golpe”

124
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Foto: Divulgação/ Casa Branca

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que o processo de impeachment aberto contra ele na Câmara dos Deputados do país é um “golpe” para tirá-lo do cargo, na medida em que as investigações ganham força.

“Quanto mais aprendo cada dia mais e mais, estou chegando a conclusão de que o que está ocorrendo não é um impeachment, é um golpe, destinado a tirar o poder das pessoas, seu voto, suas liberdades, sua segunda emenda, religião, forças armadas, muro das fronteiras e seus direitos dados por Deus como cidadão dos Estados Unidos da América!”, disse Trump, em uma mensagem no Twitter.

O presidente também divulgou um vídeo, em outra publicação no Twitter, chamando o processo de impeachment de “caça às bruxas”, motivado por fins políticos, e acusando o inquérito de “desfazer eleições”.

A presidente da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, anunciou no dia 24 de setembro a abertura de uma investigação para o afastamento de Trump, acusando-o de violar a constituição ao tentar interferir nas eleições por meio de um governo estrangeiro.

O inquérito visa a esclarecer se Trump cometeu crimes ao pressionar o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, para investigar o filho do pré-candidato a presidência norte-americana Joe Biden. Se a Câmara aprovar o impeachment, o processo segue para o Senado, de maioria republicana.

Os comentários de Trump vem após o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, ser convocado para depor na Câmara e acusar três comitês de intimidarem autoridades do Departamento de Estado para obter informações relacionadas ao inquérito de impeachment.