Trump assina decreto com prazo de 90 dias para venda de TikTok nos EUA

167
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Foto: Divulgação/ Casa Branca

São Paulo – O presidente dos Estados unidos, Donald Trump, assinou um decreto na sexta-feira à noite dando o prazo de 90 dias para que a empresa chinesa ByteDance, controladora do aplicativo de vídeos TikTok, se desfaça das operações no país.

Na ordem executiva, Trump disse que há “evidência credível” de que a ByteDance, sediada em Pequim, “pode tomar medidas que ameacem prejudicar a segurança nacional dos Estados Unidos”.

O decreto anterior, assinada em 6 de agosto, impedia que empresas norte-americana fizessem transações com o aplicativo de vídeos chinês TikTok em 45 dias, caso não houvesse um acordo de compra das operações por uma empresa dos Estados Unidos.

A Microsoft confirmou que está em discussões para comprar as operações da TikTok no país, além de Canadá, Austrália e Nova Zelândia, em um acordo estimado em entre US$ 10 bilhões e US$ 30 bilhões.

Trump já disse que a Microsoft tem condições de garantir a proteção de dados dos usuários do aplicativo de vídeos TikTok, e afirmou que o governo deveria receber “uma boa fatia dessa venda”, uma vez que está viabilizando a operação.