TRF4 autoriza Gleisi Hoffmann como advogada de Lula

Por Allan Ravagnani

A deputada federal Gleisi Hoffmann. (Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)

São Paulo – O Tribunal Regional Federal da 4 Região (TRF4) autorizou a deputada federal Gleisi Helena Hoffmann a atuar como advogada do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A parlamentar havia recorrido ao TRF4 após ter o pedido negado pela juíza Carolina Lebbos, em primeira instância.

Segundo Gleisi, ela teria sido instituída advogada por Lula para ajuizar ação indenizatória em face das ofensas proferidas contra ele nas redes sociais na ocasião do falecimento de seu neto, não sendo incompatível o exercício da advocacia com a sua atividade parlamentar, visto que atuará exclusivamente na esfera cível.

Segundo o desembargador federal João Pedro Gebran Neto, nos processos de natureza cível que não incluam empresas públicas, sociedades de economia mista, fundações públicas, entidades paraestatais ou empresas concessionárias ou permissionárias de serviço público, a parlamentar poderia advogar.

“Excetuando-se a possibilidade de haver futuramente litígio relativo à reparação do dano cuja interessada seja a Petrobras ou outro ente público, não vejo impossibilidade da impetrante atuar como procuradora do executado em casos de natureza cível”, afirmou o desembargador.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com