Theresa May deixa liderança de Partido Conservador

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, deixa hoje a liderança do Partido Conservador, e permanece no cargo de chefe do governo até que um sucessor seja definido. Ela anunciou sua renúncia há duas semanas, em meio ao impasse do Brexit.

O processo para eleger um novo premiê vai começar na próxima segunda-feira, quando os candidatos devem se inscrever para a disputa. A previsão é de que o vencedor da votação e novo primeiro-ministro britânico seja anunciado na semana de 22 de julho.

Mais de dez membros do partido já afirmaram publicamente sua intensão de concorrer nas primárias conservadoras. O favorito para suceder May é o ex-ministro britânico de Relações Exteriores e ex-prefeito de Londres, Boris Johnson.

Também anunciaram sua intenção de participar do pleito os ministros do Interior, Sajid Javid; de Meio Ambiente, Michael Gove; e de Relações Exteriores, Jeremy Hunt, além da ex-líder do partido Conservador na Câmara, Andrea Leadsom.

O Brexit estava inicialmente marcado para o dia 29 de março deste ano, mas o acordo de saída que May assinou com os líderes da União Europeia (UE) foi rejeitado em três votações no Parlamento do país. Assim, a saída do Reino Unido do bloco europeu foi adiada duas vezes e a nova data para formalizar o divórcio é 31 de outubro.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com