Taxa de investimento do PIB é de 19,4% no 1T21, diz IBGE

São Paulo – A taxa de investimento da economia brasileira no primeiro trimestre de 2021 foi de 19,4%, acima do observado no mesmo período de 2020 (+15,9%). Já a taxa de poupança entre janeiro e março deste ano foi de 20,6%, acima dos 13,4% registrados no confronto anual. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que divulgou o resultado do Produto Interno Bruto (PIB).

Segundo o Instituto, a necessidade de financiamento da economia brasileira alcançou R$ 60,1 bilhões nos três primeiros meses do ano, ante R$ 80,3 bilhões entre janeiro e março de 2020. Esse resultado é explicado, principalmente, pela queda de R$ 22,7 bilhões em renda líquida de propriedade enviada ao resto do mundo, especialmente lucros e dividendos. Além do recuo de R$ 6,0 bilhões no saldo externo de bens e serviços.

EXPORTAÇÃO DE BENS E SERVIÇOS CRESCE NO 1T21

As exportações de bens e serviços cresceram 3,7% no primeiro trimestre de 2021, em relação ao período anterior, e subiram 0,8% no confronto com um ano antes. No mesmo período, as importações avançaram 11,6% e +7,7%, na mesma ordem.

Segundo o IBGE, os destaques positivos das exportações no trimestre ficaram com: veículos automotores, produtos alimentícios, extração de minerais metálicos e produtos de fumo. Em contrapartida, derivados de petróleo e produtos da agropecuária registraram queda. Entre as importações, o Instituto destaca a compra de produtos farmoquímicos para a produção de vacinas contra a covid-19, além de máquinas e aparelhos elétricos, e produtos de metal.