Suzano buscará crescimento orgânico, diz diretor

Em teleconferência, o diretor executivo de finanças Marcelo Bacci disse que a desalavancagem é prioridade

170

São Paulo – A Suzano buscará um maior crescimento orgânico nos próximos anos, disse o diretor executivo de finanças Marcelo Bacci, durante teleconferência para apresentar os resultados do terceiro trimestre da empresa.

“Desalavancagem é prioridade e temos a intenção, assim que o balanço permitir, de buscar os crescimento orgânico. agora não posso determinar quando o projeto terá início, e o uso de capital mais relevante. A escala para o crescimento mais orgânico exige muito investimento e o balanço assim que permitir eficiência e novos negócios”, disse.

Marcelo também citou que o capital para o investimento em eficiência em novos projetos é menor do que o necessário para a área de celulose.

“Mas o tamanho do capital relativo para continuar investindo em eficiência e em novos projetos é bem inferior do que seria necessário para o crescimento orgânico em celulose. Estão são as prioridades após a conclusão do processo de desalavancagem”.