Superávit comercial da Alemanha cai 80,3% em abril em base anual

255

São Paulo – O superávit comercial da Alemanha somou 3,5 bilhões de euros em abril, queda de 80,3% na comparação com abril de 2019 e baixa de 79,9% em relação a março, segundo dados do departamento nacional de estatísticas alemão, o Destatis.

As exportações somaram 75,7 bilhões de euros em abril, queda de 31,1% ante o mesmo período de 2019, enquanto as importações somaram 72,2 bilhões de euros, baixa de 21,6% na mesma base de comparação. Na comparação de abril com março, em dados com ajuste sazonal e de calendário, as exportações recuaram 24,0% e as importações caíram 16,5%.

Esse foi o maior declínio das exportações em um mês em comparação com o mesmo mês do ano anterior desde a introdução das estatísticas em 1950, diz o Destatis. As exportações para os países atingidos particularmente pela pandemia do novo coronavírus caíram acentuadamente ante abril de 2019.

O Destatis divulgou também que a balança de serviços teve um déficit de 300 milhões de euros em abril, as transferências unilaterais tiveram saldo negativo de 4,3 bilhões de euros e a balança de rendas teve superávit de 8,9 bilhões de euros.

Somando todos os componentes das trocas com o exterior, a Alemanha teve um superávit em conta corrente de 7,7 bilhões de euros em abril. Em março, o saldo havia ficado positivo em 25,6 bilhões de euros e, em abril de 2019, a conta corrente teve superávit de 20,6 bilhões de euros.