SP entra na fase verde e adotará reabertura quase total da economia

152
Foto divulgação: USP Imagens

São Paulo – A cidade de São Paulo entrará na fase verde do Plano São Paulo a partir de amanhã, afirmou o governador paulista, João Doria, durante uma entrevista coletiva. A fase ficará em vigor até 16 de novembro.

O Plano São Paulo norteia o processo de retomada da atividade econômica no estado. Ele começa na fase vermelha, a mais restritiva, e avança pelas fases laranja, amarela, verde e azul – sendo esta última equivalente a retomada total das atividades.

“Seis regiões do estado de São Paulo e agora 76% da população do estado seguem para a fase verde do plano São Paulo, incluindo a capital do estado”, disse Doria. As regiões, segundo ele, são as de Campinas, Piracicaba, Sorocaba, Taubaté, Baixada Santista e Região Metropolitana de São Paulo.

Os indicadores da pandemia melhoraram no estado. Nessas regiões, progressão foi ainda mais acentuada, por isso evolução para uma fase menos restritiva”, acrescentou.

A principal diferença entre as fases amarela e verde é o limite de ocupação de estabelecimentos – que sobe de 40% para 60% – e o horário de atendimento presencial – que sobe de 10 para 12 horas para todos os setores.

Além disso, passam a ser permitidas atividades culturais em que o público fique em pé com distanciamento, com uso obrigatório de máscara, compra antecipada de ingressos e controle de acesso e lotação. Neste grupo, porém, seguem sem autorização grandes shows com público em pé e presença de torcida em estádios.