S&P eleva nota de crédito da Azul para CCC+, com perspectiva estável

187
Foto divulgação: Azul Linhas Aéreas

São Paulo – A agência de classificação de risco Standard and Poors (S&P) alterou a nota de crédito da Azul de CCC- para CCC+, com perspectiva estável.

Segundo a S&P, “a recente emissão de R$ 1,75 bilhão de debêntures, conversíveis, junto com o reescalonamento de pagamentos de arrendamento e outros refinanciamentos de dívida reduziram drasticamente o risco de uma reestruturação de dívidas problemáticas nos próximos 12 meses.”

A Azul tem R$ 3 bilhões adicionais em liquidez potencial de depósitos ou reservas e contas a receber, e R$ 1,3 bilhão de ativos não onerados, que fornecem alguma flexibilidade financeira adicional, embora não tão líquidos,disse a agência em sua avaliação.

Outro detalhe favorável para a alteração da nota foi a recuperação no número de voos domésticos da companhia no país, aponta a S&P. Os números de assentos ocupados devem atingir cerca de 80% do nível pré-pandemia graças às viagens de lazer em substituição às viagens corporativas e internacionais.