Solução para países latinos saírem da crise é a dolarização, diz Kudlow

175
O principal conselheiro econômico da Casa Branca, Larry Kudlow / Foto: Casa Branca

São Paulo – As economias latinas estão vivendo o pior da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus e uma saída para a recuperação seria a dolarização da economia, segundo o principal conselheiro econômico da Casa Branca, Larry Kudlow.

“Estamos vendo os países latinos passando pelo que será a segunda década perdida por conta da crise atual. Uma saída para esses países seria a dolarização da economia”, disse ele durante um evento virtual realizado pelo Conselho das Américas.

“Digo isso por mim e não como uma visão do presidente [Donald] Trump e estou baseado no que acontece aqui nos Estados Unidos”, acrescentou.

Nos anos 2000, o Equador resolveu dolarizar sua economia, uma decisão que não ajudou a se livrar de uma crise que prevalece desde a década de 70 e que se agravou com a pandemia do novo coronavírus. Um dos principais problemas é que, com a moeda amarrada ao dólar, o país não tem como, por exemplo, exercer a política monetária e está preso às decisões dos Estados Unidos.