Setor privado dos EUA cria 978 mil vagas em maio, segundo pesquisa ADP

Foto: FreeImages.com / Lisa Setrini-Espinosa

O setor privado dos Estados Unidos criou 978 mil vagas de trabalho em maio, excluindo o setor rural, de acordo com relatório publicado pela Automatic Data Processing (ADP) e pela Macroeconomic Advisers.

Analistas esperavam a criação de 680 mil vagas. O número de vagas criadas em julho foi revisado para baixo, de 742 mil para 654 mil.

Os dados indicam que as pequenas empresas, que têm menos de 50 funcionários, abriram 333 mil vagas em maio. As médias (de 50 a 499 empregados) geraram 338 mil vagas e as grandes, que contam com 500 trabalhadores ou mais, criaram 308 mil vagas.

Na divisão por setores, a indústria – que inclui manufatura, construção e mineração – abriu 128 mil postos de trabalho, enquanto o setor de serviços criou 850 mil. Entre os segmentos industriais, as manufaturas criaram 52 mil vagas em maio, as empresas de extração e mineração abriram 11 mil postos de trabalho e o setor de construção criou 65 mil posições.

“As folhas de pagamento privadas mostraram uma melhora acentuada nos últimos meses e o ganho mais forte desde os primeiros dias da recuperação”, disse Nela Richardson, economista chefe da ADP.

“Embora os produtores de bens tenham crescido em um ritmo constante, foram os prestadores de serviços que responderam pela maior parte dos ganhos, ultrapassando em muito a média mensal nos últimos seis meses. Empresas de todos os tamanhos experimentaram um aumento no crescimento do emprego, refletindo a natureza crescente da pandemia e da economia”, conclui.