Setor privado dos EUA cria 517 mil vagas em março, segundo pesquisa ADP

Foto: Yury Kim / Pexels

São Paulo – O setor privado dos Estados Unidos criou 517 mil vagas de trabalho em março, excluindo o setor rural, de acordo com relatório publicado pela Automatic Data Processing (ADP) e pela Macroeconomic Advisers.

Analistas esperavam a criação de 525 mil vagas. O número de vagas criadas em fevereiro foi revisado para cima, de 117 mil para 176 mil.

Os dados indicam que as pequenas empresas, que têm menos de 50 funcionários, abriram 174 mil vagas em março. As médias (de 50 a 499 empregados) geraram 188 mil vagas e as grandes, que contam com 500 trabalhadores ou mais, criaram 155 mil vagas.

Na divisão por setores, a indústria – que inclui manufatura, construção e mineração – abriu 80 mil postos de trabalho, enquanto o setor de serviços criou 437 mil. Entre os segmentos industriais, as manufaturas criaram 49 mil vagas em março, as empresas de extração e mineração fecharam 1 mil postos de trabalho e o setor de construção abriu 32 mil posições.

“Vimos uma melhora acentuada nos dados do mercado de trabalho de março, relatando o ganho mais forte desde setembro de 2020”, disse Nela Richardson, economista-chefe da ADP.

“O crescimento do emprego no setor de serviços ultrapassou significativamente sua média mensal recente, liderado por um aumento notável na indústria de lazer e hospitalidade. Este setor tem mais oportunidades de melhorar à medida que a economia continua a se reabrir gradualmente e a vacina se torna mais amplamente disponível. Continuamos a acompanhar de perto os setores mais atingidos, mas as bases estão sendo lançadas para um novo impulso no ritmo mensal de contratações nos próximos meses. “