Setor de serviços da China desacelera em setembro

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) sobre a atividade do setor de serviços da China caiu para 51,3 pontos em setembro, de 52,1 pontos em agosto, de acordo com dados do instituto de pesquisas IHS Markit e do grupo de mídia Caixin.

Leituras acima de 50 pontos sugerem expansão da atividade, enquanto valores menores apontam contração. O PMI composto, que agrega dados sobre a atividade dos setores industrial e de serviços, subiu para 51,9 pontos em setembro, de 51,6 pontos em agosto.

O PMI de serviços marcou seu nível mais baixo em sete meses. Apesar disso, os novos negócios cresceram, refletindo a demanda estável e os lançamentos de novos produtos. Os novos negócios de exportação, por sua vez, continuaram em queda.

O emprego cresceu de forma significativa, enquanto os preços de insumos avançaram e e os preços cobrados caíram, indicando competição forte. As expectativas para os próximos meses caíram, uma vez que a a alta nos custos contraiu a confiança das empresas.

“Após uma rápida desaceleração nos trimestres anteriores, o crescimento da economia da China começou a mostrar sinais de estabilidade”, disse o diretor de análise macroeconômica do CEBM Group, Zhengsheng Zhong.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com