Sabesp dispara 14% após Maia citar concessão ou privatização

São Paulo – As ações da Sabesp passaram a registrar a maior alta do dia do Ibovespa após o deputado federal Rodrigo Maia dizer que pretende deixar organizada a concessão ou privatização da companhia até o final do seu mandato como secretário do Governo de São Paulo . Às 12h44 (horário de Brasília) os papéis SBSP3 subiam 9,07%, a R$ 36,00, após chegarem a subir 14% há pouco.

“Eu acho que será uma marca importante da minha gestão, fora outros processos estão sendo executados”, disse Maia ao tomar posse como secretário de Projetos e Ações Estratégicas do governo de São Paulo.

A capitalização da Sabesp é um plano antigo do governo de São Paulo e vinha frustrando investidores por estar demorando. Em junho, foi contratada uma consultoria para analisar uma possível privatização da empresa de saneamento básico do estado.

O ex-ministro Henrique Meirelles, que hoje é Secretário da Fazenda do governo de São Paulo, disse em entrevista ao jornal “Valor Econômico”, na época, que “muito provavelmente” o trabalho ficará a cargo do Internacional Finance Corporation (IFC), que é braço privado do Banco Mundial.

“O IFC é a melhor agência, a mais qualificada, a mais isenta, de maior experiência global nesse aspecto. Eles vão apresentar um trabalho e, aí, vamos, discuti-lo”, afirmou Meirelles em entrevista ao jornal.

ANÁLISE

Segundo analista de research da Ativa, Ilan Arbetman, apesar de ser cedo para avaliar se a privatização deve mesmo andar dada à proximidade das eleições de 2022, o ímpeto demonstrado hoje é positivo, sendo que o governador João Doria parece ter colocado Maia para assumir a secretaria, que teve seu nome alterado, buscando uma efetividade maior por parte da pasta.

Para o analista, as ações da Sabesp também já estão bastante descontadas, em cerca de 60% até ontem, depois que a empresa teve a sua base regulatória de ativos homologada há poucos meses pela Arsesp.

 “Ainda não reunimos argumentos para auferir que a privatização ou capitalização da companhia caminhará desta vez, dado à proximidade com o próximo período eleitoral, à complexidade da operação, à divisão de opiniões que o tema reúne perante as mais variadas esferas da sociedade e diante do fato das falas iniciais não convergirem para tons mais concretos. Ainda assim, classificamos o ímpeto demonstrado hoje como positivo e lembramos que independente da privatização, Sabesp segue negociando com excessivo desconto”, afirmou em comentário enviado a clientes.

Mesmo com o avanço já visto hoje dos papéis, o analista considera o atual patamar atrativo.