Retórica radical de Bolsonaro afasta investidores, diz Maia

Por Gustavo Nicoletta

São Paulo – O “radicalismo” do presidente Jair Bolsonaro em relação a alguns temas e a forma como ele defende seus posicionamentos são negativos para o Brasil e afastam alguns investidores do país, afirmou o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

“Às vezes a retórica tira dele a oportunidade de ter um governo crescendo mais rápido. Muitos investidores ficam incomodados com alguns discursos do presidente”, disse Maia em entrevista ao programa “Roda Viva” ontem à noite.

“Alguns discursos do presidente afetam sim a imagem do Brasil – a questão do meio ambiente por exemplo”, disse o presidente da Câmara, em referência aos questionamentos recorrentes de Bolsonaro sobre a atuação de organizações internacionais na Amazônia e os frequentes questionamentos do presidente aos números sobre o desmatamento na região.

Maia também disse que a retórica agressiva de Bolsonaro e de membros do governo em relação ao Congresso também exerceu efeito negativo sobre o crescimento da economia.

“Eu acho que [a retórica] atrapalhou nos primeiros meses” do governo, disse ele, mencionando que por causa da troca de farpas entre os Poderes os agentes econômicos chegaram à conclusão que não seria aprovada a reforma da Previdência.

“Poderia ter tido ambiente de radicalização no parlamento também. O parlamento que teve maturidade e responsabilidade naquele momento de entender que aquela pauta era mais importante do que o conflito com o presidente”, afirmou.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com