Relatório do Fed traça melhora em perspectiva econômica, com alta de preços e emprego

Foto: Jeroen van de Sande / freeimages.com

São Paulo – O lançamento de vacinas contra a covid-19, que permitiu que o processo de imunização ganhasse tração nos Estados Unidos, apoia a percepção de melhora das perspectivas econômicas, segundo o Livro Bege, relatório do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) sobre as 12 principais regiões do país.

“A atividade econômica expandiu modestamente de janeiro a meados de fevereiro para a maioria dos distritos. A maioria das empresas permanece otimista em relação aos próximos seis a 12 meses, à medida que as vacinas contra a covid-19 se tornam mais amplamente distribuídas”, diz o Livro Bege.

O documento mostra que os efeitos da pandemia do novo coronavírus ainda não foram deixados para trás nos Estados Unidos, mas alguns setores dão sinais de recuperação – a exemplo da indústria -, enquanto outros como os ligados ao lazer ainda enfrentam dificuldades pelas medidas restritivas impostas para conter a disseminação da covid-19.

“Apesar dos desafios das interrupções na cadeia de abastecimento, a atividade geral de manufatura para a maioria das regiões aumentou moderadamente em relação ao relatório anterior”, diz o Livro Bege.

Recentemente, o presidente norte-americano, Joe Biden, assinou decretos para tentar resolver a falta de suprimentos nos Estados Unidos, visando especialmente o setor de chips e semicondutores. A falta de material tem paralisado indústrias importantes para a economia norte-americana como a automobilística.

EMPREGO

A economia norte-americana também deve experimentar uma melhora no nível de emprego e uma aceleração da inflação nos próximos meses, segundo o Livro Bege, que confirma a expectativa de economistas e dos membros do próprio Federal Reserve sobre as perspectivas de curto prazo

No mercado de trabalho, essa melhora não deve ser vista apenas no nível de emprego, mas também nos salários. “Vários distritos relataram aumentos salariais modestos para cargos de alta demanda, com muitos também notando pressão ascendente sobre os salários para atrair e reter funcionários. Em geral, espera-se que os aumentos salariais para muitas regiões persistam nos próximos meses”, diz o Livro Bege.

INFLAÇÃO

Ao passo que o processo de vacinação vai ganhando tração nos Estados Unidos, a expectativa de economistas e membros do Fed é de que haja uma aceleração da inflação, embora temporária, segundo já afirmou o presidente do banco central norte-americano, Jerome Powell.

Essa percepção de preços mais altos foi captada pelo Livro Bege: “Vária regiões relataram antecipar aumentos modestos de preços nos próximos meses”, diz.

O documento mostrou que, no geral, os preços subiram moderadamente durante o período avaliado, com destaque para o aumento do aço e da madeira. Aqui, as obstruções na cadeia de fornecimento também deixaram sua marca, com muitas regiões atribuindo o aumento de custos a esse fator juntamente com a demanda mais forte.

“Os relatórios sobre o poder dos preços foram mistos, com alguns varejistas e fabricantes afetados pelos aumentos de custos de insumos relatando a capacidade de repassar os preços, enquanto muitos outros não conseguiram aumentar os preços”, diz o Livro Bege.