Reino Unido assina com Japão primeiro acordo comercial pós-Brexit

133
Primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson. Foto: Divulgação/ Downing Street

São Paulo – O Reino Unido assinou um acordo de livre-comércio com o Japão, o primeiro grande pacto comercial pós-Brexit, segundo o Departamento de Comércio Internacional britânico, em comunicado.

A estimativa é de que o comércio entre os dois países aumente em cerca de 15,2 bilhões de libras esterlinas. “As empresas do Reino Unido se beneficiarão do livre-comércio de tarifas em 99% das exportações para o Japão”, diz a nota.

Segundo o governo britânico, fabricantes, produtores de alimentos e bebidas e o setor de tecnologia devem se beneficiar das medidas, que incluem “disposições digitais e de dados de ponta que vão muito além do acordo UE-Japão. Isso permitirá o fluxo livre de dados, mantendo elevados padrões de proteção de dados pessoais”.

O acordo também visa a melhorar o acesso de mercado ao setor financeiro britânico; permitir acesso a tarifas zero para mais bens do Reino Unido, proteger bens icônicos e o setor criativo do país, além de apoiar a produção de carros e trens e reduzir tarifas de exportações de carnes de boi e porco.

“Este é um momento histórico para o Reino Unido e o Japão como nosso primeiro grande acordo comercial pós-Brexit”, de acordo com a secretária de Comércio Internacional britânica, Liz Truss.

“Estrategicamente, o acordo é um passo importante para se juntar à Parceria Transpacífico e colocar o Reino Unido no centro de uma rede de acordos de livre-comércio modernos com amigos e aliados com ideias semelhantes”.

O acordo precisa ser aprovado pelos Parlamentos japonês e britânico para entrar em vigor. O pacto com o Japão vem em um momento de tensão entre o Reino Unido e a União Europa, sem avanços nas negociações comerciais entre eles e após o governo do premiê Boris Johnson apresentar uma lei de mercado interno que viola partes do acordo do Brexit, assinado em janeiro deste ano.