Reforma administrativa será essencial p/ modernizar serviço público

151
Foto: Shutterstock

Brasília – A reforma administrativa será uma ferramenta essencial para modernização das relações no serviço público, atualmente engessadas por legislações restritivas e terá uma evolução similar à reforma da Previdência, afirmou o ministro da Secretaria-geral da Presidência da República, Jorge Oliveira, em entrevista para o programa Brasil em Pauta, da TV Brasil.

“Procuramos uma forma de dar ao Estado brasileiro a possibilidade de se modernizar, de ter novas formas de contratação, de ter uma forma de ingresso no serviço público para atender demandas sazonais. São mecanismos muito difíceis na legislação vigente”, afirmou durante a entrevista.

Segundo o ministro, as novas regras não irão valer para aqueles que já estão inseridos no atual sistema. “Não vamos mexer com que já está dentro, mas vamos flexibilizar para quem vai entrar”.

Oliveira afirmou ainda que a reforma será aperfeiçoada pelo Congresso, assim como foi feito com a Previdência, havendo um consenso político que levará em consideração o atual momento do Brasil.

“A população compreendeu a importância da reforma da Previdência. A mesma coisa ocorrerá com a reforma administrativa. Temos um Estado muito pesado, muito obeso, muito inchado. A população irá compreender melhor o escopo da proposta e temos a expectativa de aprovar um modelo melhor de ingresso no serviço público”, afirmou.