Recadastramento de servidores aposentados fica suspenso até dia 30

191
Fachada do Edifício Sede do Instituto Nacional do Seguro Social - Previdência Social. (Foto: Pedro França/Agência Senado)

Brasília – A exigência da prova de vida anual, conhecida como recadastramento, de servidores aposentados, pensionistas e anistiados políticos civis está suspensa até o dia 30 de novembro de 2020, informou o Ministério da Economia. Anteriormente, a prova de vida estava suspensa até o final do mês de outubro. Segundo levantamento do Ministério, 700 mil pessoas estão nesta situação de recadastramento.

Segundo o ministério, a prova de vida anual obrigatória deixou de ser exigida desde o dia 18 de março de 2020, como medida de proteção no enfrentamento da pandemia decorrente do novo coronavírus.

“O objetivo é reduzir a possibilidade de disseminação da Covid-19 entre os beneficiários que, em sua maioria, são idosos e considerados mais vulneráveis ao contágio e
agravamento da doença”, explicou o secretário de Gestão e Desempenho de Pessoal do Ministério, Wagner Lenhart.  A medida, no entanto, não afeta o pagamento de proventos e pensões aos beneficiários.