RADAR DO DIA: Último pregão da semana é marcado por cautela

234

São Paulo – O último pregão da semana, que antecede o feriado aqui e nos Estados Unidos, na próxima segunda-feira, será marcado por cautela dos investidores, em dia de divulgação do payroll americano e do rompimento público entre o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

Na Europa, as principais bolsas operam em alta, desprezando o tombo visto ontem em Wall Street, enquanto os futuros norte-americanos caminham para uma aberta em alta. Na Ásia, os mercados encerraram o pregão em queda.

Por aqui, Rodrigo Maia disse ter interrompido o diálogo direto com Paulo Guedes, a respeito da agenda de reformas econômicas. Segundo ele, a articulação com o Planalto será feita a partir do ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos.

Ele disse que Guedes proibiu membros da equipe econômica – entre eles o secretário do Tesouro, Bruno Funchal – de se reunirem com ele e disse que como Guedes não é político, tem pouca experiência em articular os projetos.

Além disso, continua no radar dos investidores os próximos passos relacionados ao megapacote do governo Jair Bolsonaro, denominado Renda Brasil.

Em relação à pandemia causada pelo novo coronavírus, o número de mortes no mundo está em mais de 869,2 mil pessoas, de acordo com a contagem da universidade norte-americana Johns Hopkins, enquanto o número de casos no mundo já ultrapassou 26,3 milhões de infectados. O Brasil possui 4 milhões de casos confirmados, enquanto 124,7 mil pessoas morreram por causa da doença.

CORPORATIVO

O BNDESPar, braço de investimentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), informou a Suzano que tem a intenção de vender a totalidade de 150.217.425 ações ordinárias que possui da companhia, o que representa 11,03% do total, por meio uma oferta pública de distribuição secundária de ações (follow on).

Os trabalhadores da Embraer decretaram greve contra a demissão de funcionários anunciado pela fabricante, como forma de amenizar os efeitos da crise e a não parceria com a Boeing. Com isso, a empresa fica proibida de concluir o corte de 2,5 mil trabalhadores, já que a legislação não permite a demissão de grevistas.

O Magazine Luiza adquiriu a plataforma de delivery de alimentação AiQFome, com foco expansão dos serviços oferecidos na sua plataforma e na frequência de compra dentro do seu ecossistema, em um setor que apresenta forte potencial de crescimento nos próximos anos.

O conselho de administração do Magazine Luiza aprovou um programa de recompra de até 10.000.000 ações ordinárias, o que representa 1,49% das 668.971.082 ações em circulação, sendo que possui 3.766.647 ações em tesouraria. O prazo para aquisição é de 18 meses.

A Eletrobras concluiu a transferência total das ações que detinha, de 49,5%, na Sociedade de Propósito Específico Manaus Transmissora de Energia, para a Evoltz Participações. Pela venda a estatal recebeu R$ 251,1 milhões já corrigidos até a data de fechamento da operação.

A Vale disse que completou sua primeira venda de minério de ferro utilizando a tecnologia blockchain. Segundo a empresa, na transação foi vendido um carregamento de minério de

176 mil toneladas do produto Brazilian Blend Fines, que foi entrega à Nanjing Iron & Steel Group International Trade, na China. A carga partiu do terminal marítimo Teluk Rubiah, na Malásia.

O conselho de administração da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) orientou por voto favorável à proposta apresentada pela Light, na qual a empresa detém participação, para a convocação de assembleia geral ordinária para deliberar sobre aumento do capital 85.000.000 ações, passando de 323.934.060 ações para 408.934.060 ações.