RADAR DO DIA: Temporada de balanços e mudanças no Congresso

162

São Paulo – As bolsas operam em alta no exterior, impulsionadas pelo saldo positivo da temporada de balanços até agora, visto que a maioria das empresas que reportou resultados superou as expectativas do mercado.

As negociações entre o governo dos Estados Unidos e a oposição para aprovar um novo pacote de estímulo de quase US$ 2 trilhões também ajudam a impulsionar as ações, bem como sinais de amenização da pandemia no país e na Europa.

Na Europa, o Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro no quarto trimestre caiu 0,7% na comparação com os três meses anteriores, de acordo com a leitura preliminar divulgada pela agência de estatísticas Eurostat. Os dados são ajustados para efeitos sazonais. Na comparação com o mesmo período de 2019, houve queda de 5,1%. No terceiro trimestre, a economia da eurozona cresceu 12,4% na comparação trimestral e recuou 4,3% em base anual, segundo dados revisados.

Na União Europeia (UE), o PIB cresceu 0,5% no quarto trimestre ante os três meses anteriores. Na comparação anual, o PIB recuou 4,8%. No terceiro trimestre, houve alta de 11,5% em base trimestral e queda de 4,2% em base anual.

No Brasil, o governo foi vitorioso na eleição do Congresso ao emplacar seus candidatos preferidos no comando do Senado e da Câmara dos Deputados. No entanto, a disputa na Câmara ainda está longe de ser concluída.

Os deputados votam hoje, às 16h, sobre os demais integrantes da Mesa Diretora, e o novo presidente da Casa, Arthur Lira, manobrou para manter no colegiado essencialmente os partidos que o apoiaram. Os partidos que apoiaram seu principal rival, Baleia Rossi, recorreram ao Supremo Tribunal Federal contra a manobra.

Os investidores também devem ficar atentos aos dados sobre a produção industrial de dezembro, que serão divulgados às 9h. A previsão, segundo analistas consultados pelo Termômetro CMA, é de queda mensal de 0,2% e alta anual de 5,0%.

Em âmbito corporativo, A Companhia Paranaense de Energia (Copel) sofreu ataques cibernéticos na noite de ontem que geraram instabilidade em parte de seus sistemas. Segundo a empresa, os sistemas de operação e proteção detectaram os ataques e foram seguidos os protocolos de segurança, com a suspensão do funcionamento de seu ambiente informatizado para proteger a integridade das informações.

O conselho de administração do Itaú Unibanco aprovou o pagamento de juros sobre o capital (JCP) próprio de R$ 0,1394 líquidos por cada ação detida, totalizando R$ 1,361 bilhão.

O Itaú Unibanco divulgou suas projeções para 2021 com a expectativa de um crescimento na carteira de
crédito consolidada entre 5,5% e 9,5%. Para o Brasil, o crescimento deve ficar entre 8,5% e 12,5%.

A BR Distribuidora concluiu a compra da Targus Comercializadora de Energia e a Targus Serviços de Energia. A empresa será sócia majoritária do grupo Targus Energia com 70% do capital social após a conclusão de todos os aportes previstos até 31 de dezembro deste ano.

A Minerva concluiu o processo de recompra e cancelamento do Bond 2028, por US$ 20,72 milhões, com preço médio de 98,0345%.

O lucro líquido recorrente do Itaú Unibanco, que exclui ganhos ou perdas com itens extraordinários, diminuiu 26% no quarto trimestre de 2020 em relação ao mesmo período do ano anterior, para R$ 5,4 bilhões.

A BR Distribuidora recebeu aproximadamente R$ 34,4 milhões da Eletrobras, correspondente à 33a parcela dos Instrumentos de Confissão de Dívidas (ICDs), totalizando R$ 4,7 bilhões em créditos recebidos.

A Petrobras recebeu propostas vinculantes para venda de sua participação no Polo Urucu, na Bacia de Solimões, no estado do Amazonas, e iniciou negociação com a Eneva para potencial venda.

A Via Varejo lançou a plataforma de serviços logísticos Envvias para lojistas parceiros dos marketplaces das marcas Casas Bahia, Pontofrio e Extra, com o objetivo de oferecer novas alternativas de transporte de itens leves e pesados para clientes e lojistas parceiros.

A Conexis Brasil Digital – que reúne as empresas do setor de telecomunicações – afirmou que o adiamento da votação do edital do leilão de 5G, decidido ontem, pela Agência Nacional de Telecomunicações, permitirá ao setor avaliar adequadamente as novas alterações introduzidas pela portaria do Ministério das Comunicações e alertou sobre a necessidade de garantir a segurança jurídica do processo.