RADAR DO DIA: Receio com pacote de estímulos nos EUA

192

São Paulo – Os receios com a possibilidade de o Congresso dos Estados Unidos reduzir ou parcelar o pacote de ajuda de US$ 1,9 trilhão proposto pela Casa Branca, somado à cautela dos investidores antes da decisão de política monetária do banco central do país, que será anunciada amanhã, mantém os futuros de ações norte-americanos em queda nesta manhã.

O movimento, porém, pode mudar ao longo do pregão, conforme os investidores se preparam para o anúncio de resultados de empresas do setor de tecnologia nos próximos dias. Na Europa, os índices de ações sobem puxados justamente pelas ações deste segmento, que publicaram balanços fortes o suficiente para afastar a preocupação do mercado com o agravamento da pandemia de covid-19.

Ontem, o Senado norte-americano confirmou a nomeação da ex-presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) Janet Yellen como nova secretária do Tesouro, tornando ela a primeira mulher a ocupar o cargo na história do país.

A votação contou com 84 votos a favor e 15 votos contra a indicação feita pelo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. A economista de 74 anos e atua na formulação de políticas econômicas há 25 anos agora desempenhará
um papel fundamental no avanço da agenda econômica do presidente, começando com seu ambicioso pacote de auxílio econômico de US$ 1,9 trilhão que já enfrenta a resistência dos legisladores do Partido Republicano.

No Brasil, a ata do Copom mostrou que parte do grupo defendeu o fim do estímulo monetário extraordinário diante dos sinais de normalização da economia, mas que o consenso foi de que é melhor esperar mais indicadores.

Em âmbito corporativo, o volume consumido de energia no mercado consolidado cativo e livre (3.280,8GWh) registrou crescimento de 5,4% em dezembro de 2020 na comparação com mesmo mês de 2019, aponta a Energisa. Segundo a empresa, o resultado foi influenciado pelo grupo residencial, onde clima e as restrições impostas foram os principais vetores; industrial, que tem se recuperado com intensidade acima do esperado; e o rural, impulsionado pela demanda por produtos agropecuários nos mercados interno e externo.

O presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Junior, renunciou ao cargo “por motivos pessoais” e foi convidado para assumir da presidência da BR Distribuidora. Ferreira Júnior disse que um dos motivos para sua renúncia foi a privatização da Eletrobras não ganhar tração e citou as sinalizações de que não será prioridade para o Congresso. Ele permanecerá no posto até 5 de março para que a companhia possa fazer a transição para seu eventual sucessor. A Comissão de Ética Pública (CEP) da Presidência da República deve analisar eventual necessidade de cumprimento de quarentena por parte do executivo antes de assumir a presidência da BR Distribuidora.

O Banco do Brasil disse que continua a estudar alternativas e avaliar oportunidades relacionadas à gestão de recursos de terceiros, mas que não há nenhum negócio fechado pela companhia no segmento de gestão de ativos. O conselho de administração do Banco do Brasil também aprovou a alteração do percentual, para 40% do lucro líquido a ser distribuído para o exercício de 2021, via dividendos e/ou juros sobre o capital próprio (JCP), e a revisão de sua política. O percentual do lucro líquido a ser distribuído referente ao exercício de 2020 era de 35,29%.

A Oi, em recuperação judicial, recebeu e está analisando as propostas vinculantes para a aquisição parcial da InfraCo, unidade de fibra ótica. Segundo a companhia, todas as propostas foram acima do valor mínimo de R$ 20 bilhões definido no aditamento ao do seu plano de recuperação judicial.

A Ultrapar disse que o ataque cibernético em seu ambiente de tecnologia da informação, ocorrido no último dia 12, foi do tipo ransomware e que já reestabeleceu totalmente todos os seus sistemas críticos de informação e de suas subsidiárias.

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) afirmou que a Light concluiu a sua oferta pública de distribuição de ações ordinárias na última sexta-feira (22) e que contemplou a venda de 68.621.264 ações da Cemig, a um preço por ação de R$ 20,00. Dessa forma, foi obtido o montante de R$ 1,372 bilhão, conforme o previsto. Com a conclusão da oferta, a Cemig deixa de ser acionista da Light.

A CVC fará uma emissão de 436.405 debêntures, com valor nominal unitário de R$ 1.000,00 cada, totalizando o montante de R$ 436,4 milhões. Segundo a companhia, os recursos serão integralmente usados para pagamento de dívidas com o banco Citibank, com valor previsto sendo igual ao saldo de principal atual das dívidas, conforme contrato assinado em setembro do ano passado.

A Energisa atualizou a sua previsão de investimentos para 2021 e pretende investir R$ 3,876 bilhões até dezembro. Os valores englobam os ativos elétricos e não elétricos próprios, assim como obrigações especiais, especialmente dos segmentos de distribuição e transmissão.