RADAR DO DIA: Inflação, auxílio gás e leilão de energia

São Paulo – Os mercados acionários no exterior operam em alta, em sua maioria, com investidores de olho em notícias de um acordo no Congresso dos Estados Unidos para garantir recursos ao governo do país até o início de dezembro também contribuem para o avanço.

Dados que mostraram a primeira queda desde o início de 2020 na atividade industrial da China e a aparente dificuldade do presidente norte-americano, Joe Biden, em emplacar um pacote de US$ 1 trilhão junto aos deputados dos Estados Unidos, que votam o assunto hoje, podem limitar o avanço das bolsas.

No Brasil, o Banco Central (BC) elevou a previsão para a inflação em 2021 em 2,7 pontos porcentuais (pp), para 8,5%, segundo dados divulgados na edição de setembro do Relatório Trimestral de Inflação (RTI). A previsão está 3,25 pp acima do teto da meta prevista para este ano. A previsão para a inflação em 2022 também subiu, enquanto a de 2023 caiu levemente.

A previsão para a inflação no ano que vem aumentou em 0,2 pp, para 3,7%,
ficando 0,2 pp acima do centro da meta, enquanto a projeção de inflação para 2023 teve queda de 0,1 pp, a 3,2%, ficando 0,05 pp abaixo do centro da meta para o período.

O BC também publicou pela primeira vez a estimativa para a inflação em
2024. Segundo a instituição, ela deve ser de 2,8%, ou 0,2 pp aquém do centro da meta para aquele ano, de 3,0%.

A Câmara dos Deputados aprovou ontem o Projeto de Lei 1374/21, que cria o auxílio Gás Social a fim de subsidiar o preço do gás de cozinha para famílias de baixa renda. A matéria será enviada ao Senado.

O texto prevê que o valor fixado semestralmente deverá ser, no mínimo, igual à metade da média do preço nacional de referência do botijão de 13 Kg nos últimos seis meses, conforme estabelecido pelo Sistema de Levantamento de Preços (SLP) da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Na agenda do dia, a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) e a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) realizarão o primeiro Leilão de Energia Nova A-5 de 2021. O certame prevê a negociação de produtos provenientes de novos empreendimentos de geração hídrica, eólica, solar e térmicas que utilizam como combustíveis resíduos sólidos, carvão mineral ou gás natural.

Em âmbito corporativo, o conselho de administração da Petrobras aprovou a destinação de R$ 300 milhões, por um período de 15 meses, para a criação de um programa social de apoio a família em situação de vulnerabilidade social para contribuir com o acesso a insumos essenciais, com foco no gás de cozinha.

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) disse que a causa dos reajustes dos combustíveis é a política de paridade de importação adotada pela Petrobras, já que os demais componentes são atrelados ao preço na refinaria.

O co-fundador da MRV e presidente do conselho da empresa, Rubens Menin, vê o ambiente do setor de incorporação e de construção civil ainda favorável apesar da trajetória de elevação da taxa Selic e de um cenário político mais conturbado.

O Goldman Sachs disse que a manifestação de interesse de compra de parcela adicional, de 5%, da Petrobras no Contrato de Partilha de Produção do Excedente da Cessão Onerosa, para o campo de Búzios, no pré-sal da Bacia de Santos, pela CNOOC Petroleum Brasil é positiva, pois pode ajudar a reduzir a dívida bruta da estatal, que chegava a US$ 64 bilhões no final do segundo trimestre.

O mercado imobiliário vendeu 6.611 unidades residenciais novas na cidade de São Paulo em agosto, aumento de 4,1% ante as 6.350 unidades vendidas no mesmo mês de 2020 e alta de 23,0% em comparação às 5.373 unidades comercializadas em julho deste ano, segundo o Sindicato da Habitação (Secovi-SP).

A produção de petróleo e gás natural no Brasil totalizou 3,856 milhões de barris de óleo equivalente por dia (MMboe/d) em agosto, informou a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).