Radar do Dia: Pacote de estímulos nos EUA e Selic no Brasil

222

São Paulo – As bolsas da Europa e os futuros de ações dos Estados Unidos operam em alta esta após o governo norte-americano anunciar ontem um pacote de estímulo de pouco mais de US$ 900 bilhões à economia do país.

Ainda nos Estados Unidos, O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou que seu plano para os primeiros 100 dias de governo incluem o uso de máscaras, a vacinação
e a manutenção das escolas abertas.

Na Europa, O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, disse que um acordo comercial com a União Europeia (UE) pós-Brexit parece muito difícil no momento, e alertou que as pessoas precisam estar prontas para mudanças no dia primeiro de janeiro.

Johnson também concordou em reunir-se nos próximos presencialmente em Bruxelas com a presidente da Comissão Europeia, braço executivo da UE, Ursula von der Leyen, depois de conversarem ao telefone.

No Brasil, as negociações com a Pfizer para a compra da vacina contra a covid-19 produzida pela companhia estão avançadas e ainda esta semana deve ser assinado um memorando de entendimento, disse o presidente da Pfizer Brasil, Carlos Murillo. O contrato final só será assinado após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) conceder o registro da vacina à companhia.

Na agenda do dia, o destaque do dia será a decisão de política monetária do Banco Central. A previsão unânime dos analistas ouvidos pela Agência CMA é de que a taxa básica de juros, a Selic, seja mantida na mínima histórica de 2% ao ano.

Em âmbito corporativo, A BRF anunciou a criação da vice-presidência de relações institucionais, reputação e sustentabilidade. O novo setor será comandado por Grazielle Tallia Parenti, a partir de janeiro de 2021.

A CVC anunciou, em comunicado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) que Marcello Diegues Zappia renunciou ao cargo de diretor da companhia.

A Vale informou que sua subsidiária Vale Canada Limited (VCL) assinou um acordo vinculante de opção de venda de sua participação da Vale Nova Caledônia (VNC).

A Notre Dame anunicou a compra do Hospital Lifecenter, localizado em Belo Horizonte (MG), por R$ 240 milhões.

A Boeing anunciou mais cancelamentos de entregas de seu modelo 737 Max, incluindo um acordo com a Virgin Australia Holdings que reduziu pela metade seu pedido. As informações são da agência de notícias “Dow Jones”.

O conselho de administração da Gerdau aprovou o pagamento de R$ 386,5 milhões aos acionistas em juros sobre o capital próprio (JCP), em substituição aos dividendos, sendo R$ 289,2 milhões aos acionistas da Gerdau e R$ 97,3 milhões aos acionistas da Metalúrgica Gerdau, corresponde R$ 0,17 e R$ 0,09 por ação, respectivamente.

O Itaú Unibanco disse que não adquiriu ações de emissão própria para tesouraria e não recolocou no mercado ações preferenciais destinadas aos programas de incentivo de longo prazo, em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

O Banco do Brasil informou a renúncia de Ana Cláudia Kakinoff Corrêa do cargo de diretora de marketing e comunicação, com efeitos a partir do dia 11 de janeiro de 2021. A empresa não informou quem substituirá a executiva.

A comissão externa que fiscaliza o acordo entre a Vale, o Estado de Minas Gerais e instituições da justiça para reparar os danos causados pela tragédia de Brumadinho, cuja nova audiência está marcada para esta quarta-feira (9), disse ser favorável ao acordo entre as partes, mas ressaltou a necessidade de haver mais transparência e participação dos atingidos. As informações são da Agência Câmara.