RADAR DO DIA: Ômicron, PIB do Reino Unido e Orçamento

São Paulo – As principais bolsas da Europa operam em leve alta, com investidores ainda monitorando os efeitos da variante ômicron da covid-19 no cenário econômico mundial e a adoção de medidas mais restritivas para evitar uma nova onda da doença.

Ainda na Europa, O Produto Interno Bruto (PIB) do Reino Unido no terceiro trimestre de 2021 subiu 1,1% na comparação com o trimestre anterior, de acordo com dados revisados divulgados pelo departamento nacional de estatísticas.

Na comparação com o terceiro trimestre de 2020, o PIB cresceu 6,8% de julho a setembro deste ano. No segundo trimestre de 2021, segundo dados revisados, a economia britânica havia avançado 5,4% ante o trimestre anterior.

Nos Estados Unidos, os futuros trabalham em queda, com o mercado à espera da divulgação da leitura final do PIB americano do terceiro trimestre e de dados da inflação.

No Brasil, o Congresso Nacional aprovou ontem o Orçamento Geral da União de 2022, com R$ 4,9 bilhões para financiamento das campanhas eleitorais. O orçamento atendeu a promessa do presidente Jair Bolsonaro de destinar R$ 1,7 bilhão para a reestruturação das carreiras da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Penitenciária Federal.

Em âmbito corporativo, o Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) aprovou o novo valor do benefício econômico dos novos contratos de concessão da Eletrobras.

O CNPE definiu em R$ 67 bilhões o valor adicionado pelos novos contratos de concessão de geração de energia elétrica para 22 usinas hidrelétricas da Eletrobras atingidas pela Lei nº 14.182/2021.

Do total, R$ 25,3 bilhões serão pagos pela Eletrobras à União pelas outorgas das usinas hidrelétricas que sairão do atual regime de cotas, que só remunera operação e manutenção, para o de produção independente de energia, e também pelos novos contratos de concessão das usinas de Tucuruí, Mascarenhas, Sobradinho e Itumbiara.

A Engie Brasil Energia concluiu a compra da da Assu Sol Geração de Energia SPE, empresa detentora do projeto do Complexo Fotovoltaico Assu Sol, localizado no município de Assú, no Rio Grande do Norte.

O preço de aquisição de 100% das ações da Assu Sol, que contempla o projeto com capacidade instalada total estimada de até 750MW, é de até R$ 41,2 milhões. Os pagamentos serão realizados conforme o cumprimento de marcos relacionados ao cronograma de desenvolvimento do projeto.

O conselho de administração da SulAmérica aprovou, em reunião realizada ontem (21), o pagamento de juros sobre o capital próprio aos acionistas no valor de R$ 90 milhões.

A Equatorial Energia assinou o contrato de concessão para a prestação regionalizada dos serviços públicos de abastecimento de água e esgotamento sanitária e dos serviços complementares dos municípios do Estado do Amapá.

A empresa assinou acordo com a Companhia de Saneamento do Amapá (CSA), Sociedade de Propósito específico controlada pela Equatorial Participações II e o Estado do Amapá. A Equatorial também realizou o pagamento de 100% do valor da outorga, no montante de R$ 930 milhões, conforme previsto nos termos do edital.

O conselho de administração da Energisa aprovou o pagamento de dividendos no valor de R$ 796,3 milhões, o equivalente a R$ 2,20 por units e R$ 0,44 por ação ordinária e preferencial.

A agência de classificação de risco Standard & Poor’s reafirmou o rating da Klabin em BB+, com perspectiva estável.

A agência de classificação de risco Fitch Ratings elevou o rating global de longo prazo da Braskem de BB+ para BBB-, com perspectiva estável.

Copyright 2021 – Grupo CMA