RADAR DO DIA: Movimento deve ser de sequência ao visto ontem

Gráfico

São Paulo – Os mercados ao redor do globo em sua maioria devem dar sequência ao movimento visto ontem, diante do medo de uma segunda onda do coronavírus nos Estados Unidos e alguns países no mundo. Internamente o destaque é o teste positivo para a doença do presidente Jair Bolsonaro.

Os casos diários do coronavírus nos Estados Unidos continuam aumentando. O país alcançou 2,9 milhões de casos confirmados da doença, sendo que mais 132 mil morreram. Entre os estados norte-americanos com o maior avanço diário de infecções estão Flórida, Texas, Califórnia e Arizona.

Ainda nos Estados Unidos, os investidores estão de olho nas críticas feitas pelo presidente Donald Trump à China após o parlamento chinês aprovar nova lei destinada a anular ameaças à segurança nacional em Hong Kong, alimentando assim o conflito geopolítico.

Além disso, as consequências econômicas da pandemia do novo coronavírus lançaram dúvidas sobre se a China pode atingir suas metas de compra de produtos norte-americanos no acordo comercial deste ano – com a energia emergindo como a maior vítima.

Na Europa, a Comissão Europeia, braço executivo da União Europeia (UE), fechou acordo com as empresas farmacêuticas Roche e Merck para o fornecimento de medicamentos experimentais contra covid-19 em qualquer país membro da UE.

Na cena local, o destaque é o presidente Jair Bolsonaro que testou positivo para o coronavírus. Foi o próprio presidente quem deu a notícia azedando os negócios por aqui. Bolsonaro deve despachar por vídeo-conferência, mas cancelou alguns compromissos previstos até sexta-feira (10).

O veto da desoneração da folha de pagamento feito pelo presidente gerou reação imediata dos congressistas, entre eles do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia. Segundo ele, o tema será analisado e o Congresso tem o poder de derrubar.

A aprovação pelo Senado do projeto de lei (PL) das fake news que pode atingir aliados e defensores do presidente Jair Bolsonaro continua no radar. O projeto aprovado gerou reação imediata do presidente que falou que não deve vingar, enquanto deputados afirmaram que o texto aprovado promove a censura.

Os desdobramentos relacionados a prisão de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro também pode mexer. A principal dúvida neste caso é o fato de Queiroz ter sido encontrado num imóvel de Frederick Wassef, advogado próximo da família Bolsonaro que chegou a dizer em entrevistas à imprensa não saber onde estava o ex-assessor.

Em relação à pandemia causada pelo novo coronavírus, o número de mortes no mundo está em mais de 543 mil pessoas, de acordo com a contagem da universidade norte-americana Johns Hopkins, enquanto o número de casos no mundo já ultrapassou 11,7 milhões de infectados. O Brasil possui 1,6 milhão de casos confirmados, enquanto 66,8 mil pessoas morreram por causa da doença.

Ontem, o Ibovespa encerrou em queda de 1,18%, aos 97.761,04 pontos, com os investidores embolsaram lucros em meio à confirmação de que o presidente Jair Bolsonaro está com coronavírus, além de notícias negativas para os bancos e um cenário externo mais cauteloso.

Nesta manhã, os contratos futuros de ações dos Estados Unidos mostram uma abertura no campo positivo, com os investidores sinalizando tomar risco, sem deixar de lado o aumento de casos de coronavírus no país que pode retardar a recuperação econômica.

Na Europa, as principais bolsas operam no terreno negativo, digerindo o aumento de casos de coronavírus em alguns países, o que pode comprometer a tão esperada rápida recuperação econômica da região.

Na Ásia, os principais índices do mercado de ações fecharam sem direção comum, com avanço de mais de 1% na bolsa de Xangai seguindo o apelo de Pequim por investimentos para apoiar o mercado financeiro local.

EMPRESAS

O tráfego de passageiros da Azul subiu 43,6% em junho na comparação com o mês anterior, para 471 milhões de passageiros por quilômetros transportados (RPK) – número de passageiros pagantes multiplicados pela distância de cada voo.

A Cyrela informou que a Lavvi Empreendimentos, uma joint venture formada em parceria com a RH Empreendimentos, apresentou à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) o registro de companhia aberta na categoria A e a oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) na B3.

O Banco do Brasil vai submeter à assembleia geral de acionistas, que será realizada em 30 de julho, a proposta de utilização de parte da reserva para margem operacional, no valor de R$ 23 bilhões, para aumento do capital social. Com isso, o capital social passará a ser de R$ 90 bilhões.

O Banco do Brasil (BB) firmou contrato para cessão de crédito com retenção de riscos e benefícios com a BV Financeira, do Banco Votorantim, no valor de R$ 240,526 milhões.

O volume de lançamentos da MRV Engenharia no segundo trimestre de 20202 somou R$ 942 milhões, queda de 47,9% na comparação anual. No período, foram lançadas 5,349 mil unidades, baixa de 51,7% na mesma base de comparação.

A Marfrig lançou uma campanha que tem como objetivo apoiar mais de 5 mil micros e pequenos empreendedores do segmento de food service através da concessão de crédito e ampliação do prazo de vencimento de faturas.