RADAR DO DIA: Mercados vão repercutir Copom e prisão de Queiroz

196
Foto: Krzysztof Baranski / freeimages.com

São Paulo – O Ibovespa deve operar pressionado após o corte de 0,75 ponto percentual (pp) na taxa Selic pelo Comitê de Política Monetária (Copom), como esperado, e refletindo a prisão do ex-assessor de Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz, preso em São Paulo no inquérito que apura o esquema de “rachadinha” na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

No comunicado divulgado ontem, o Copom deixou a entender que vai avaliar o que fez até o momento para discutir os próximos passos, podendo ter um corte residual na reunião de agosto.

A prisão de Queiroz, próximo da família do presidente Jair Bolsonaro, deve acirrar ainda mais os ânimos entre o Legislativo e o Judiciário. Bolsonaro já disse que vai tomar “todas as medidas legais” para “proteger a Constituição” após “abusos” ocorridos nas últimas semanas, sem especificar que tipo de ações considerou abusivas nem quais ações pretende tomar.

No começo da semana, a Polícia Federal cumpriu 21 mandados de busca e apreensão relacionados ao inquérito que investiga a origem de recursos e a estrutura de financiamento de grupos suspeitos da prática de atos contra a democracia. Na segunda-feira, sob o mesmo inquérito, ocorreram prisões entre elas a de Sara Winter, identificada como uma das líderes do acampamento 300 do Brasil, em Brasília.

O desagravo entre os poderes também pode ser visto após o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, afirmar que os ataques direcionados à corte, como o ocorrido no último sábado, estão sendo financiados ilegalmente e contam com apoio de membros do Estado.

O Ministério Público Federal (MPF) determinou a abertura de inquérito para investigar o lançamento de fogos de artifício em direção ao prédio do STF no sábado. Também foi solicitada perícia no local a fim de identificar danos ocorridos no edifício e resguardar provas processuais.

Na semana passada, no entanto, um pedido de vista apresentado pelo ministro Alexandre de Moraes interrompeu o julgamento no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de duas ações ajuizadas contra o presidente Jair Bolsonaro e o vice-presidente Hamilton Mourão. Elas pedem a cassação da chapa formada por ambos nas eleições de 2018.

Lá fora, a decisão do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) de que ampliará o escopo de seu programa de compra de títulos corporativos, visando um portfólio “amplo e diversificado”, para garantir liquidez nos mercados e disponibilidade de crédito para grandes empregadoras ainda repercuti de forma positiva.

No entanto, sinais de que o coronavírus voltou a ganhar força nos Estados Unidos e na China, registrando dezenas de novos casos de infecção em Pequim e alguns estados norte-americanos está pressionando os mercados de forma negativa como um todo.

Nos Estados Unidos às atenções seguem voltadas para o aumento dos protestos contra a violência policial e o racismo que, além da morte de George Floyd, um homem negro, que foi morto por enforcamento por um policial branco, desta vez um homem negro foi morto após nova ação policial em uma lanchonete na cidade de Atlanta.

Além disso, a Índia disse que 20 de seus soldados morreram em um confronto com tropas chinesas ao longo da fronteira disputada pelos dois países nas montanhas do Himalaia, o pior confronto militar entre os vizinhos com armas nucleares em décadas.

Ainda nos Estados Unidos, os investidores estão no aguardo de um possível plano de infraestrutura de quase US$ 1 trilhão do governo de Donald Trump, que seria direcionado para estradas e pontes, mas também para fundos de infraestrutura 5G e banda larga rural.

O Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) manteve a taxa básica de juro do Reino Unido inalterada em 0,1% ao ano e decidiu ampliar em 100 bilhões de libras esterlinas as compras de títulos do governo britânico, levando o estoque de compras de ativos para 745 bilhões de libras.

Em relação à pandemia causada pelo novo coronavírus, o número de mortes no mundo está em mais de 440 mil pessoas, de acordo com a contagem da universidade norte-americana Johns Hopkins, enquanto o número de casos no mundo já ultrapassou 8 milhões de infectados. O Brasil possui 960,309 mil casos confirmados, enquanto 46,665 mil pessoas morreram por causa da doença.

Ontem, o Ibovespa encerrou em alta pelo segundo pregão seguido, com ganhos de 2,15%, aos 95.547,29 pontos, refletindo especulações sobre a possibilidade de mais cortes da Selic e a pressão de comprados, e de vencimento de opções sobre o índice.

Nesta manhã, os contratos futuros de ações dos Estados Unidos mostram uma abertura no campo negativo, com os investidores atentos a novos surtos do coronavírus no país e na China e de olho na tensão entre os países.

Na Europa, as principais bolsas operam em baixa de olho em possível novo surto do coronavírus e repercutindo a decisão do BoE de manter a taxa básica de juro do Reino Unido inalterada em 0,1% ao ano e a ampliação em 100 bilhões de libras esterlinas as compras de títulos do governo britânico, levando o estoque de compras de ativos para 745 bilhões de libras.

Na Ásia, os principais índices do mercado de ações fecharam em campo negativo, pressionados pelas preocupações dos investidores com o avanço de casos do novo coronavírus em países como China e Estados Unidos.

EMPRESAS

A Subsecretaria de Inspeção do Trabalho, em Minas Gerais, retirou a determinação para que a Vale interdite o Complexo Itabira, composto pelas minas de Conceição, Cauê e Periquito.

O Itaú Unibanco e o Banco do Brasil (BB) anunciaram reduções nos juros cobrados dos clientes, em linha com a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) de reduzir em 0,75% a Selic.

A Natura informou que o período para exercício do direito de preferência para subscrição privada de ações ordinárias terminou em 12 de junho, com a subscrição de 61.379.949 novas ações ordinárias ao preço de R$ 32,00 cada, totalizando R$ 1,964 bilhão.

A B2W informou que nenhum acionista dissidente no processo de aquisição do SuperNow Portal e Serviços de Internet aderiu ao direito de retirada. O prazo para manifestação foi encerrado no dia 10 de junho.

Os acionistas da Itaúsa aprovaram a eleição de seis membros do conselho de administração da empresa com mandato até a assembleia geral ordinária que ocorrerá em 2021.

A Companhia Paranaense de Energia Elétrica (Copel) concluiu o novo projeto básico da Usina Hidrelétrica Salto Grande, de 49 megawatts (MW). O empreendimento está previsto para o rio Chopim, entre Coronel Vivida e Pato Branco, na região sudoeste do Paraná.