RADAR DO DIA: Investidores de olho nos EUA e política local

153
Foto: Krzysztof Baranski / freeimages.com

São Paulo – Os mercados ao redor do globo operam majoritariamente no campo positivo, refletindo as conversas entre o presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos e o secretário do Tesouro, sobre a possibilidade de um acordo com o porta-voz democrata.

O acordo, se aprovado, no entanto, deve ser menor que os US$ 2 trilhões defendidos pela presidente da Câmara dos Deputados, Nancy Pelosi.

Internamente, o destaque é a política brasileira, com o presidente Jair Bolsonaro afirmando que a força-tarefa da Operação Lava Jato continuará funcionando normalmente e que seu comentário recente, de que tinha acabado com a operação, referia-se à sua avaliação de que não há corrupção no governo federal.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que caso haja acordo entre a base governista na Câmara e outros líderes, a reforma tributária pode ser pautada para ser votada no plenário “no dia que quisermos”. Segundo ele, isso se dá porque a reforma que anda na Câmara, baseada nos pontos do economista Bernard Appy, está dentro do calendário da Casa.

Na agenda, os investidores devem ficar atentos ao índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) sobre a atividade do setor de serviços na China, que subiu para 54,8 pontos em setembro, enquanto nos Estados Unidos serão divulgados os estoques no atacado.

No Brasil, o destaque é o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que subiu 0,64% em setembro, na comparação mensal, sendo que o mercado previa 0,52%.

Em âmbito corporativo, a Natura &Co informou que o preço por ação na oferta pública global de 121.400 ações ordinárias, inclusive como forma de American Depositary Shares (ADSs), ficou em R$ 46,25, abaixo dos R$ 51,13 previstos inicialmente no fechamento do pregão do dia 30 de setembro, data de anúncio da oferta, totalizando o montante total de R$ 5,614 bilhões, pouco abaixo dos R$ 6,2 bilhões previstos.

O conselho de administração da Localiza aprovou a assinatura do protocolo e justificação de incorporação de ações e a proposta da administração à assembleia geral extraordinária, no âmbito da combinação de negócios com a Unidas, anunciada em 22 de setembro.

O volume de lançamentos da MRV Engenharia no terceiro trimestre de 2020 somou R$ 1,875 bilhão, alta de 15% na comparação anual. No período, foram lançadas 11,106 mil unidades.

A Renova Energia, subsidiária da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), aceitou a proposta vinculante da Prisma Capital para aquisição do Complexo Eólico Alto Sertão III, fase B, na condição de primeiro proponente e com direito de preferência na aquisição. O valor da transação não foi divulgado.

O conselho de administração da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) realizará, em 9 de outubro, assembleia geral extraordinária para eleger um membro suplente do Conselho Fiscal, em substituição de Germano Luiz Gomes Vieira, que renunciou ao cargo.

Os conselhos de administração de suas subsidiárias, Cemig GT e Cemig Distribuição, também aprovaram convocação da Assembleia Geral Extraordinária para recomposição do conselho fiscal.

O colegiado da Cemig Distribuição também deliberou sobre negociação da dívida do Governo do Estado de Minas Gerais com a companhia, vencidas após 30 de junho de 2019.

Outra subsidiária da Cemig, a Renova Energia, que está em recuperação judicial, aceitou a proposta vinculante apresentada pela Prisma Capital para aquisição da fase B do do Complexo Eólico Alto Sertão III, na condição de primeiro proponente (stalking horse) e com direito de preferência.

A Minerva encerrou as tratativas pela venda de uma fatia de 25% na subsidiária Athena Foods, para uma sociedade de propósito específico não identificada e descontinuará a divulgação de projeções financeiras anteriormente apresentadas relacionadas à operação.

O conselho de administração da BRF aprovou a criação de um comitê digital para assessorar o colegiado em assuntos relativos às iniciativas e tendências tecnológicas e de inovação digital.

O conselho de administração da Totvs aprovou a prorrogação, até 17 de novembro, da validade da sua proposta de combinação de negócios com a Linx apresentada em 14 de agosto. A companhia também disse que passará a informar as sinergias operacionais estimadas da combinação com a Linx, de aproximadamente R$ 3,2 bilhões, no valor presente líquido.