RADAR DO DIA: Investidores de olho em China e EUA, Petrobras e varejistas

250

São Paulo – Mais uma semana começa com os investidores aguardando novos desdobramentos na guerra comercial envolvendo Estados Unidos e China. Além disso, será monitorado pelo mercado a divulgação de indicadores como o PIB dos Estados Unidos e o Livro Bege, do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano).

No mercado americano a semana será mais curta, já que na quinta-feira (28) a bolsa ficará fechada em função do feriado dia de Ação de Graças e na sexta-feira (29) terá funcionamento reduzido.

Por aqui, o destaque será os números do mercado de trabalho brasileiro que será divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na sexta-feira. Do lado político, segue no radar os próximos passos do governo relacionados à economia e possíveis avanços de projetos no Congresso antes do recesso parlamentar.

Outro destaque é a retomada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) da votação envolvendo o uso de dados sigilosos em investigação. O julgamento foi suspenso pelo presidente da Corte, Dias Toffoli, na última quinta-feira (21) com o placar de um a um.

Dados divulgados há pouco pelo mercado mostram que economistas ouvidos pelo Banco Central (BC) preveem que a economia brasileira de 0,92% para 0,99% neste ano, enquanto o dólar passou de uma projeção de R$ 4,00 para R$ 4,10 ao final de 2019. A inflação, por sua vez, houve uma elevação de 3,33% para 3,46%.

As empresas varejistas devem ser o destaque ao longo da semana, uma vez que na sexta-feira (29) será a Black Friday dia de grande expectativa de venda.

CORPORATIVO

No âmbito empresarial, os petroleiros decidiram iniciar uma greve nesta segunda-feira (25) alegando riscos de demissão em massa e da venda de ativos pela Petrobras, afirmou a Federação Única dos Petroleiros (FUP). A paralisação acontece do dia 25 a 29 de novembro.

A Petrobras entrou com liminar no Tribunal Superior do Trabalho (TST) pedindo que os petroleiros se abstenham de realizar a greve anunciada pela categoria a partir desta segunda-feira (25). No sábado (23), o ministro do TST, Ives Gandra Martins, deferiu a liminar solicitada pela estatal.

Além disso, a Petrobras anunciou na sexta-feira (22) um reajuste de até 4% no preço do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) para uso residencial, mais conhecido como gás de cozinha, para as distribuidoras e alta de até 0,6% no GLP industrial e comercial, ambos com validade desta segunda-feira (25).

O conselho de administração da CVC Viagens aprovou um programa de recompra de ações, que tem como objetivo de compra de até 7.255.000 de ações ordinárias, que representam aproximadamente 5,00% do total de ações em circulação, para manutenção em tesouraria e posterior alienação ou cancelamento.

A metalúrgica Gerdau confirmou que aumentará entre 8% e 12% os preços dos aços longos vendidos no Brasil. Os novos valores começarão a valer a partir de janeiro de 2020.

A proposta de compra da totalidade das ações da rede Almacenes Éxito pela sua controlada Sendas em uma oferta pública de aquisição das ações da companhia (OPA) foi aceita pelos detentores de 96,57% do capital da rede colombiana. A adesão representará um desembolso pelo Sendas de 7,780 bilhões de pesos colombianos, o equivalente a R$ 9,5 bilhões.

Por fim, a Oi confirmou que recebeu uma notificação da B3 para informar as medidas que serão tomadas para aumentar o preço unitário de suas ações que estão sendo negociadas a menos do que R$ 1,00 há mais de 30 dias.