RADAR DO DIA: Bolsonaro na ONU, PIB global e empresas

123

São Paulo – As bolsas operam em alta no exterior depois de terem tomado um tombo ontem por receios com o impacto econômico e financeiro da potencial falência da empresa chinesa Evergrande – que deve cerca de US$ 300 bilhões e enfrenta dificuldades para pagar os credores.
A percepção do mercado é de que o governo chinês adotará medidas para evitar um colapso desordenado da Evergrande – e, desta forma, conter os danos colaterais desta crise. Por isso o suspiro aliviado nos mercados nesta terça-feira.
Amanhã, porém, o mercado de ações da China volta a funcionar após um feriado e está previsto o anúncio da decisão de política monetária do banco central dos Estados Unidos – o que mantém um clima de cautela no ar.
A Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) revisou para baixo sua previsão de crescimento da economia mundial em 2021 para 5,7%, de 5,8% da estimativa anterior, publicada em maio, citando que a propagação da variante Delta do novo coronavírus deve abrandar, mas não interromper, a recuperação econômica.
Para 2022, a OCDE revisou para cima sua projeção para o Produto Interno Bruto (PIB) mundial, de 4,4% para 4,5%. Em 2020, a economia global encolheu 3,4%. “O crescimento econômico acelerou este ano, ajudado por um forte apoio político, a implantação de vacinas eficazes e a retomada de muitas atividades econômicas”.
No Brasil, o destaque do dia será a apresentação e potencial votação de um novo parecer para a reforma administrativa em comissão da Câmara dos Deputados.
Ainda hoje, o presidente Jair Bolsonaro discursa na Assembleia Geral das Nações Unidas a partir das 10h.
O Congresso encontrará ainda esta semana uma forma de acomodar o pagamento dos precatórios e um incremento no Bolsa Família respeitando o teto de gastos, afirmou o presidente do Legislativo, senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG).
A expectativa é de que hoje Pacheco e Lira voltem a se reunir hoje, em encontro que também pode contar com o ministro da Economia, Paulo Guedes.
Em âmbito corporativo, a Gol Linhas Aéreas Inteligentes, em conjunto com o Grupo Comporte, assinou um protocolo de intenções com a Avolon para a aquisição e arrendamento de 250 aeronvaaeronaves elétricas dedecolagem e pouso vertical (eVTOL). A empresa espera inciar as operações com a nova malha aérea eVTOL em meados de 2025.
A Cosan assinou contrato com a Mansilla Participações para a compra de 47% de participação no Grupo Radar, por R$ 1,479 bilhão.
Após a conclusão da operação, a Cosan passará a deter mais de 50% do capital social da Radar. A aquisição será feita por meio da estrutura de um fundo de investimentos criado para investir em novos negócios com recursos próprios e também de terceiros, que foi anunciado em 23 de agosto de deste ano.
A Hering informou que a Verde Asset Management comprou ações da companhia e passou a deter 16.339.400 ações, equivalentes a 10,05% do total emitido, o que reflete apenas estratégia de investimento, sem pretensões de alterar a composição do controle ou sua estrutura administrativa.
A Braskem disse que a Novonor (ex-Odebrecht) ainda não definiu de que forma será feita a venda de sua participação na companhia, em atendimento a questionamento feito pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), após notícia veiculada na mídia que informa que a sócia teria apresentado um novo modelo de venda dos 38,3% do capital total e 50,1% do capital votante que detém na petroquímica, pagamento de dívidas à credores previsto em seu processo de reestruturação.
A Energisa anunciou a contratação de financiamento de R$166 milhões, junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), para o empreendimento da Energisa Tocantins Transmissora, correspondente a 25% do seu investimento total (R$ 660 milhões), com custo indexado ao Indice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) mais 4,90% ao ano e prazo de 238 meses (38 de carência e 200 de pagamentos mensais de juros e amortização.
A Raízen, subsidiária da Cosan, anunciou sua primeira venda de longo prazo de gás natural renovável (biometano) à empresa de fertilizantes Yara,por um prazo de cinco anos, com um volume de 20 mil metros cúbicos por dia, por valor não revelado.
A Rumo, subsidiária de logística da Cosan, celebrou acordo de adesão com o governo do estado de Mato Grosso, referente ao projeto de construção, operação, exploração e conservação, mediante autorização, em regime de direito privado, por sua conta e risco, de ferrovia que interliga de forma autônoma o terminal rodo-ferroviário de Rondonópolis a Cuiabá e Lucas do Rio Verde, no MT.
A venda direta de etanol hidratado pelos produtores e importadores aos postos revendedores e a permissão para que postos que ostentam determinada marca, por força de contrato, possam também oferecer produtos de outros fornecedores não diminuirão o preço dos combustíveis aos consumidores, na avaliação do Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP), da Federação Nacional das Distribuidoras de Combustíveis, Gás Natural e Biocombustíveis (Brasilcom), da Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e de Lubrificantes (Fecombustíveis) e do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado de São Paulo (Sincopetro).
A BRF disse que dobrou a produção de rações para animais de estimação em sua unidade localizada em Francisco Beltrão (PR) no acumulado do ano em comparação ao mesmo período do ano passado, como resultado de investimentos feitos desde o ano passado na modernização e na automação da planta, dentro do plano estratégico Visão 2030, que tem como uma de suas metas ser uma das maiores empresas do segmento do Brasil até 2025.
O Ministério de Minas e Energia publicou a Portaria Normativa 24, que regulamenta a realização de procedimento competitivo simplificado para contratação de reserva de capacidade, na forma de energia de reserva, em outubro, em edição extra do Diário Oficial da União de sexta-feira (17).